Publicado 29/09/15 às 23:06

Dinheiro não é mais o problema. Próximo assunto...



A terça-feira (29) pode ter sido uma espécie de marco zero no âmbito político do Distrito Federal para que o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) enfim inicie o seu governo. O dinheiro do Instituto de Previdência dos Servidores (Iprev) trouxe o alivio necessário. A Câmara Legislativa (CLDF) autorizou o GDF a utilizar 1 bilhão a mais do fundo de aposentadoria. Os fantasmas foram afastados e o estado irá pagar o salário dos servidores em dia. Não poderia ser diferente.

Entretanto, uma coisa passou despercebida aos olhos de muitos. O recurso retirado do Iprev é o suficiente para tirar o GDF dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Com isso, a cidade tem tudo para começar a voltar ao normal e sair do clima de terrorismo que paira desde o início do ano. 

E mais. Agora Rollemberg precisa pensar no aumento dos salários dos servidores. Congelar os reajustes já é discurso para lá de ultrapassado. O governo está na pior e o governador se vê obrigado a realizar um cronograma para pagar o que já foi aprovado. 

A verdade é que essa história de crise financeira precisa ficar no passado. Não sei quem foi o estrategista do inicio da era Rollemberg como gestor da Capital Federal. Mas o cabeça pensante ajudou a travar o governo nesses últimos 10 meses. Se algumas dessas atitudes tivessem sido tomadas desde o começo da gestão, com certeza as coisas estariam bem melhores. 

Tenho dito!



Fonte: Redação

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados