Publicado 06/07/15 às 17:19

Coluna Fim de Tarde

Nervos à flor da pele 

A dança das cadeiras está mexendo com os sentimentos de muita gente no Governo do Distrito Federal. Em todas as Secretarias e Administrações Regionais a tensão é grande. A notícia é que, em breve, sairão, as exonerações. Muita gente está perdendo o sono. E não é para dormir mesmo. 

Primeira vítima 

Esse clima tenso já atingiu a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab). O cargo do atual diretor, Gilson Paranhos, é cobiçado pelos deputados distritais e a torcida do Flamengo juntos. A notícia já causa burburinhos entre lideranças habitacionais e associações do segmento. 

Estão de olho

O engraçado, é que a maioria dos deputados distritais cobiçam a Codhab. E é nessa pendenga que Gilson Paranhos corre o risco de perder a cadeira. A disputa ainda promete muitas emoções. 

Indignados 

Professores que passaram em concurso público estão na bronca com a Secretaria de Educação. O motivo é que os professores temporários estão sendo nomeados nas vagas que eram destinadas aos efetivos. Neste caso, os concursados estão chupando dedo. 

Na mira

Outra secretaria cobiçada por políticos, é a do Trabalho. De cada 10 deputados distritais, "11" pedem a tão visada Pasta. Inclusive, um parlamentar sonha em ser o dono do pedaço. Só falta combinar com o PDT. 

Na alça 

No quesito estatal, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) é uma das mais desejadas. Uma certa deputada distrital sonha todos os dias em ser a rainha daquele reino. As gravações nada republicanas mostram a clara intenção. Quem disse que água não vale ouro?

Adestrando 

Há uma força-tarefa em curso para acalmar a presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), Celina Leão (PDT). Uma fonte palaciana nos revelou que a principal estratégia é não mexer nos cargos que a parlamentar tem na estrutura do governo. Amansar a Leoa é que são elas...

De volta à cena 

O caso da morte do governador do Acre, Edmundo Pinto, ainda mexe com o meio político. O jornalista João Leite Neto voltou a tocar no assunto neste último final de semana. Um político do DF é citado. Quem quiser conferir a reportagem é só clicar aqui 

Te cuida! 

Uma equipe ligada a um parlamentar dito governista está olhando com lupa todos os contratos emergenciais do governo Rodrigo Rollemberg. Será que as informações apuradas pelo "abelhudo" serão utilizadas no futuro? Muito suspeito!

Tensão

O meio político não irá cochilar nesses próximos dias. O Diário Oficial será o protagonista de todas emoções. Quem é quem? As respostas na campeã de audiência seção 2. Estamos e continuaremos na espectativa. Até a próxima! 

Por Peterson de Souza 

Fonte: Redação

Publicado às 12:00

Um Passarinho Me Contou


...que os parlamentares negociam com o governo na surdina. Tudo para não chamar muita atenção. E nada de gravação, apenas no zum...zum...zum...

...que uma fonte nos confidenciou que, os mais gulosos são os deputados distritais da bancada do "oremos". Nenhuma novidade...

...que a bancada do "oremos" conta com nove deputados distritais e, na atual conjuntura, são eles quem ditam as regras na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF)...

...que, em tempos de governo Rollemberg, quase nenhum deputado distrital viajou para curtir as suas férias. Tudo isso a espera da fatia do bolo...

...que um deputado distrital do PT-DF está, curiosamente, negociando espaços no governo. Olha que não estamos falando de Chico Leite, aliado de Rollemberg...

...que alguns secretários do atual governo estão com medo do bilhete "azul". Mas não terá jeito, a saída pelas portas dos fundos é praticamente inevitável...

...que, nas negociações políticas, as secretarias são as mais cobiçadas, sem dúvidas alguma. Só basta saber quem vai levar...

...que a  estratégia de colocar pelo menos um deputado distrital como secretário continua. Só resta saber quem será o dito "felizardo"...

...que a presidente da CLDF, Celina Leão (PDT), continua indócil. Nada de aparar as arestas com o governador Rodrigo Rollemberg. Tudo na mesma...

...que, até tentaram mexer nos ditos petistas da Casa Civil e de outros setores, mas nada será feito. O santo dos vermelhinhos são bem fortes... 

...que o ex vice-governador Tadeu Filippelli já prepara o bote para 2018. A sua ida para a articulação do Palácio do Planalto o coloca no cenário político...

...que Filippelli diz de forma bem clara e reta que é candidato a governador do DF em 2018. Nunca é cedo para se sonhar acordado...

...que os partidos da coligação que elegeram Rollemberg, são os que defendem o atual governo de ataques. Muitos já pensam em uma trajetória própria em 2018...

....que nesse recesso parlamentar da CLDF o passarinho vai continuar voando baixo. A ausência da coluna foi por causa do cansaço. Baterias recarregadas...


Eita Passarinho que sabe de coisas, gente! 

Por Odir Ribeiro 

Fonte: Redação

Publicado às 09:13

Vai ou não vai?

O senador Aécio Neves foi reeleito presidente nacional do PSDB neste final de semana. Aqui em Brasília as coisas devem começar a se definir a partir de agora. O deputado federal, Izalci Lucas, ou o distrital, Raimundo Ribeiro? Quem vai comandar o tucanato local? O passarinho já sabe quem é. Resta saber se o martelo será batido essa semana. 

Por enquanto as penas vão voar para todo lado. Coisa de tucanos.


Fonte: Redação

Publicado às 09:02

Onde a impopularidade começa

Não sou nenhum especialista em comunicação institucional. Mas basta uma simples olhada nas redes sociais para constatar que a insatisfação com o governo de Rodrigo Rollemberg começa pelas cidades-satélites. O maior foco de reclamações são as Administrações Regionais, que estão completamente inutilizadas. As RAs, que no atual governo são tratadas como uma espécie de "segunda-divisão", têm sido o principal foco de impopularidade da atual gestão. 

Portanto, caso o governador Rodrigo Rollemberg queira virar o jogo, um dos caminhos é trabalhar fortemente as bases. Parece que os estrategistas do governador estão começando a enxergar essa realidade. 

Nossos leitores são testemunhas, o blog avisou. 


Fonte: Redação

Publicado 03/07/15 às 11:00

Vigilante deitou e rolou

Amado por uns, odiado por outros tantos. Esse é o perfil do deputado distrital Chico Vigilante (PT). Na atual legislatura Chico deita e rola. Vai de opositor a maior colaborador do governo. Muitas vezes, sua assessoria técnica salvou o Palácio do Buriti. O oposicionista confesso desde o inicio de seu mandato bateu o pé e afirmou que não havia crise financeira. 

Vigilante desmoralizou os economistas do Executivo. A peleja do petista sobre a suposta falta de verba, teve coro no Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF). Ele afirmou que no começo do governo Rollemberg, tinha dinheiro sim.  

Podemos dizer que Chico Vigilante e Palácio do Buriti são inimigos íntimos. Mas, uma coisa que poucos sabem é que pessoas próximas ao governador sonham em ter o combativo parlamentar como um aliado de fato. E direito. 

Falem o que for de Chico Vigilante, mas na Câmara Legislativa do Distrito Federal poucos se destacam como ele. Em política devemos separar as coisas. 

Fonte: Redação

Publicado às 10:00

CLDF: A arte inútil de jogar para a platéia

O primeiro semestre legislativo vai ficar marcado pelo termo "jogar para a platéia." Alguns projetos inconstitucionais aprovados pelos parlamentares serão facilmente questionados na justiça e, certamente, irão para a gaveta. Puro desperdício. A bomba porém, vai ficar nas mãos do governador Rodrigo Rollemberg, que vai decidir ou não pela sanção dos projetos esdrúxulos. 

A bancada do "oremos" é a líder das inconstitucionalidades. Que o diga o tal estatuto da família. A pauta LGBT atrai bem mais atenção de certos parlamentares, que os verdadeiros problemas da cidade. 

Exemplifico aqui. Os policiais militares estão até hoje sem os seus planos de saúde e nenhum  parlamentar saiu em defesa categoria. Poucos deputados se manifestaram, e de forma bem tímida. 

Pelo jeito, a porta dos fundos é mais levada a sério que os verdadeiros problemas do Distrito Federal. Não estou defendo nem "A", muito menos "B." Só esclareço que esta é a realidade de momento. 

Sem mais!

Fonte: Redação

Publicado às 09:00

Futura reforma causa apreensão


O recesso parlamentar começou. Ainda assim, a grande maioria dos deputado distritais não viajaram. A maioria deles estão esperando para ter uma conversa olho no olho com o governador Rodrigo Rollemberg. O dito loteamento está prestes  a acontecer. Um secretário nos confidenciou que está com as barbas de molho. 

Os administradores regionais interinos estão na mira e os considerados intocáveis também. Algumas administrações já estão prometidas aos parlamentares que irão recompor a base governista daqui para frente. 

O certo é que Rollemberg não quer passar mais apuros a partir da segunda metade do ano. 

Fonte: Redação

 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados