Publicado 28/03/15 às 15:46

Exclusivo: Juarezão chuta o balde e diz que não é mais aliado do governo

O deputado distrital Juarezão(PRTB) anunciou neste sábado,28, que não fará mais parte da base aliada do governador Rodrigo Rollemberg. O motivo são desavenças com o vice-governador Renato Santana. "O vice fica intervindo aqui em Brazlândia uma total falta de respeito.Quero ver se ele tem voto na Câmara Legislativa?" alfinetou.  
"Ele não tem base em Brazlândia e em lugar nenhum. Lá na Ceilândia o Rollemberg perdeu a eleição," disparou. 

Juarezão afirma que o problema não é com o governador Rodrigo Rollemberg. "Esse vice atrapalha mais do que ajuda. Na terça-feira(31) comunico ao líder Júlio César minha saída da base," frisou. 

Traduzindo: Não convidem Juarezão e muito menos Renato Santana para a mesma mesa de café da manhã.  

Fonte: Redação 

Publicado às 10:23

Deputados do PT se encontraram com Rollemberg


Infornações Daniel Cardoso, Jornal de Brasília 

Sem falar em reaproximação, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) se reuniu com a bancada do PT na Câmara Legislativa. Os quatro deputados representam a única oposição assumida ao governo. O diálogo havia sido deixado de lado desde as eleições do ano passado, mas apesar da posição continuar a mesma, novas reuniões devem acontecer com outros membros da legenda.

A portas fechadas, o governador recebeu, ontem, os deputados Chico Leite, Ricardo Vale, Wasny de Roure e Chico Vigilante, todos do PT, na Residência Oficial de Águas Claras. O clima foi bastante diferente do registrado durante a campanha eleitoral de 2014, com as críticas e o tom áspero adotados tanto por Rollemberg, quanto pelo ex-governador Agnelo Queiroz.

Quando Agnelo ficou fora do segundo turno, o PT se dividiu. Correntes internas assumiam posições diversas, entre neutralidade e oposição ferrenha a qualquer que fosse eleito. 

Após os debates, ficou decidido que o partido não ia fazer parte do governo de Rollemberg e a agressividade do discurso contra o Buriti dependia da vontade de cada deputado. Até então, nada de conversas, mas o convite partiu do governador.

Relação difícil

A aproximação com o PT poderia representar uma melhor relação com o Governo Federal. O PSB apoiou Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleições e, desde então, o diálogo com a esfera federal está mais difícil. Prova disso que quando foi tentada a antecipação de uma das parcelas do Fundo Constitucional, a Secretaria do Tesouro Nacional se posicionou contra a manobra. Há quem credite a negativa como reflexo do contexto político.

O deputado Chico Vigilante considerou a reunião normal, ainda que o PT não faça parte da base de apoio. Mas o distrital garante que a posição não mudou. “Entramos oposição e saímos de lá como oposição”, dispara. Vigilante afirma que o partido tem colaborado com Buriti nos projetos que considera importantes. “Deixamos sempre claro que somos oposição ao governo e não ao Distrito Federal. Não queremos cargos no governo nem nada disso”, disse.

Saiba mais

Os petistas ficam na oposição, mas Rollemberg pretende se reunir com mais lideranças do PT, como seu presidente no DF, Roberto Policarpo, para debater o contexto político no Distrito Federal.

O PT foi o único partido que assumiu posição crítica ao Buriti.

Diferente do PMDB, aliado petista nas últimas eleições, que decidiu ser independente do governo.

A aproximação de deputados do partido teria causado até mal-estar dentro da sigla, já que houve encontros com o governador, mesmo após a decisão de se manter neutro.

Apoio virá a propostas para o "bem do DF"

Já o deputado Wasny de Roure não vê clima para que o PT passasse a fazer parte do governo e reforçou o discurso petista em relação a colaborar com o que for bom para a cidade. “Com um processo eleitoral tão recente, não tem como falar em ocupar cargos no governo. Nessa reunião expusemos nossas posições políticas e a vontade de contribuir. Tanto é que vários projetos aprovados foram feitos com emendas dos deputados do PT.”, explicou Wasny de Roure.

A pauta, de acordo com o deputado Ricardo Vale, foi a crise política e econômica enfrentada pelo Brasil nos últimos meses. Dessa maneira, contar com o PT para ajudar no governo não foi um assunto sequer mencionado por Rollemberg. “Temos ajudado e dado o quorum para matérias como o Refis e o remanejamento de recursos dos fundos. Não sei como está a base dele e ele nem mencionou isso, mas para cada projeto vamos agir de acordo com as posições assumidas pelo PT”, garantiu Ricardo Vale. 

A dificuldade nas relações não seria tão grande e a possibilidade de mais diálogo não está descartada, nem mesmo após o fogo cruzado nas eleições. “O acirramento dos ânimos ficou mais entre os candidatos ao governo. Nós não entramos tanto na briga”, completou Vale.

 O Buriti não se posicionou oficialmente sobre o teor da reunião até o fechamento desta edição.

Aliado antigo

Rodrigo Rollemberg foi eleito ao Senado em 2010 na chapa de Agnelo Queiroz. Junto com o senador Cristovam Buarque (PDT), ele pediu votos para o ex-governador, mas a aliança acabou rompida com PSB e PDT antes da metade do mandato de Agnelo.

Publicado 27/03/15 às 15:42

Um Passarinho Me Contou

...que o cenário político do Distrito Federal irá tremer nos próximos meses. A criação de novas legendas assombra alguns partidos...

...que, na Câmara Legislativa, cinco deputados distritais confessaram a esta humilde coluna a pretensão de trocar de partido...

...que mais da metade dos parlamentares receberam convites sedutores para trocar de legenda...

...que certos deputados distritais querem cair nos braços do governador Rodrigo Rollemberg. A troca de partidos é um ótimo caminho...

...que as legendas recém-criadas oferecem uma vantagem aos deputado distritais, eles podem trocar partido sem o risco de perder o mandato...

...que om PL de Gilberto Kassab e Rogério Rosso são os que estão mais de olhos nos deputados distritais..

...que os insatisfeitos com o governador Rodrigo Rollemberg em breve terão boas notícias, já tem gente sorrindo por antecipação...

...que os comentários é o troca-troca nas administrações regionais, a composição da base governista selará o futuro de alguns políticos...

...que um certo deputado distrital está com uma lista de mil pessoas para entregar ao governador. Vai que cola!...

...que algumas pancadas nos deputados distritais são mais que orquestradas. Chave do cofre fechada, insatisfação garantida...

...que a disputa entre o deputado federal Izalci Lucas e o distrital Raimundo Ribeiro pelo comando do PSDB-DF está grande...

...que o governador Rodrigo Rollemberg não irá levar o veto da 901 Norte a frente. A brabeza de Liliane Roriz assustou o governador. Eita mulher valente!...

...que, falando em onça, os colegas da deputada distrital Telma Rufino, a apelidaram de onça. Será que é pela brabeza ou os modelitos?...

...que a Comunicação da Câmara Legislativa é de alto nível, só falta ser mais valorizada pelas cabeças pensantes...

Eita Passarinho que sabe de coisas, gente! 

Por Odir Ribeiro 

Fonte: Redação 

Publicado às 14:53

Agora sim, a seção 2 do Diário Oficial vai voltar a funcionar

Uma notícia deve deixar o meio político mais animado. Depois de diversos estudos, o Palácio do Buriti chegou a conclusão que partir de maio  vai poder a contratar. Ou seja, quem sonha com um cargo comissionado pode comemorar. A esperança se estende também aos concursados a espera de nomeação. 

Para explicar melhor em maio a seção 2 do Diário Oficial vai voltar a funcionar sem maiores preocupações. Adeus Lei de Responsabilidade Fiscal. Deputados distritais e apadrinhados vão curtir essa notícia. 

Fonte: Redação 

Publicado às 09:31

A pedra no sapato

Ainda não sabemos a razão, motivo ou circunstância, mas no Palácio do Buriti o deputado distrital Reginaldo Veras (PDT) ganhou o singelo apelido de "calo no sapato." Deve ter uma explicação em algumas votações de interesse do executivo. Veras não se fez de rogado e votou contra. E mais, vire e mexe o parlamentar faz algumas críticas direcionadas ao governo sem dó e nem piedade. 

Só para lembrar, Reginaldo Veras é considerado aliado do Palácio do Buriti.   

Fonte: Redação

Publicado às 09:19

A visita de Juarezão

O deputado distrital Juarezão (PRTB) viveu fortes emoções nesta quinta-feira, 26. O deputado encontrou com o ex-governador Joaquim Roriz no Park Way.  O parlamentar aproveitou para colocar a conversa em dia e falar de política, claro. Sobre o estado de saúde de Joaquim, o parlamentar foi direto: "O homem está bem e até engordou um pouquinho."  

Fonte: Redação

 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados