Publicado 24/05/16 às 13:00

Seção 2 continua cruel com Lira

A tensão entre o deputado distrital, Lira(PHS) e o governador Rodrigo Rollemberg teve mais um capítulo. No Diário Oficial desta terça-feira, 24, trouxe várias exonerações e nomeações na administração de São Sebastião.. 

As nomeações eram também de Lira. O curioso é que o parlamentar recentemente havia se encontrado com o governador. Mas mesmo assim, a "limpa" foi feita em São Sebastião. 

A caneta de Rollemberg continua implacável.

Fonte: Redação

Publicado às 09:10

Um Passarinho Me Contou

...que alguns deputados distritais enfurecidos pretendem começar a planejar retaliações contra o governador Rodrigo Rollemberg o quanto antes...

...que o "desprezo"  do governador  com os deputados pode custar caro. As exonerações ainda não foram digeridas pelos parlamentares...

...que uma dessas retaliações já está posta a mesa. Os parlamentares não irão votar o projeto que permite as Organizações Sociais (OSs) no DF...

...que as OSs fariam parte do sistema de Saúde e para que isso ocorra é preciso da aprovação no plenário da Câmara Legislativa...

....que os distritais pretendem dar o xeque-mate e aprovar o projeto que proíbe OSs no sistema de Saúde do DF. Essa "vingança" já está bem embalada...

...que muitos duvidam que essa matéria seja aprovada em plenário. Mas alguns parlamentares já fazem pressão para a proibição de OSs ser votada...

...que uma deputada distrital deixou o ex-deputado distrital Alírio Neto indignado. O homem quase quebrou as paredes de tanta raiva da ousadia da personagem...

...que essa deputada no calor do discurso disse que o projeto Casamento Comunitário era dela. Mas na verdade o projeto é do Alírio. Somos testemunhas disso...

...que falando em Alírio, o ex-parlamentar foi secretário de Justiça do governo Agnelo. Pelo menos na sua gestão, a Secretaria de Justiça no governo Agnelo funcionava...

...que nos dia de hoje, o Na Hora virou o "Na Fila", reclamar no Procon-DF virou um martírio. Realmente Alírio deixou saudades...

...que o suplente de deputado distrital, Virgílio Neto (PSDB), acionou o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF) pedindo mandato de Raimundo Ribeiro....

...que na ação, Virgílio alega que a tal janela partidária não se aplica no DF. O TRE-DF deu cinco dias para o PPS-DF, atual partido de Ribeiro, se manifestar...  

...que com essa mexida no governo, Rollemberg contemplou os distritais fieis e alegrou mais ainda o PSB-DF. A turma está feliz...

...que no PR-DF a briga pelo comando da legenda está a todo vapor. O deputado federal Laerte Bessa está uma arara. E o presidente Salvador Bispo desligou o celular...

Eita Passarinho que sabe de coisas, gente!

Por Odir Ribeiro

Fonte: Redação

Publicado 23/05/16 às 18:15

Mais um distrital contra Organizações Sociais



O deputado distrital Cristiano Araújo(PSD) acaba de conversar com a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues. O teor da conversa foi as Organizações Sociais(OSs). O parlamentar garantiu a sindicalista que não nem adianta o governador contar com ele.


Marli SinSaúde
Procuramos o distrital que foi categórico. "Nada de Organizações Sociais ainda mais em tempos de CPI,"resumiu. Cristaiano está as turras com o governador devido a CPI da Saúde e o seu papela na base governista. 

Ricardo Vale
E mais - O governador Rodrigo Rollemberg terá uma surpresa nesta terça-feira,23. O deputado distrital Ricardo Vale protocolou  em 5 de abril desse ano um Projeto de Emenda à Lei Orgânica n° 43/2016 (PELO), que proíbe a contratação de Organizações Sociais para a área de saúde no Distrito Federal. 

De acordo com Cristiano Araújo ele mesmo vai propor que esse PELO seja votado na sessão plenária desta terça. 

"Tomara!", disse Ricardo Vale(PT) procurado por nossa reportagem. Cenas dos próximos capítulos. 

Fonte: Redação  

Publicado às 08:30

Um Passarinho Me Contou

...que o governador Rodrigo Rollemberg decidiu neste final de semana diminuir o preço da refeição dos restaurantes comunitários. Antes tarde que nunca...

...agora as refeições irão custar entre R$ 1 - para os cadastrados em programas sociais  - e R$ 2 para o grande público. Ainda não é o ideal...

...que as refeições aumentaram o preço para R$ 3 e o movimento nos restaurantes comunitários chegou a cair 80%. Prejuízo social e desempregos...

...que as empresas ganhadoras das licitações dos restaurantes estavam lembrando prejuízo com queda na venda das refeições. As demissões foram inevitáveis...

...que as empresas ganham por refeição e com a queda no movimento os prejuízos foram certos. Faltou sensibilidade e principalmente estudos...

....que esse colunista por várias vezes foi até aos restaurantes populares e denunciou a queda no movimento e a tristeza dos frequentadores. Só o governo que não via isso...

...que a ideia de jerico partiu de cabeças ocas do governo que não sabem o que é fome ou a importância desses restaurantes comunitários para os mais carentes...

...que nós sabemos de quem foi a ideia. Não vamos ficar citando cabeças ocas e mentes retrógradas. Não foi a toa que o atual governo perdeu tanto tempo...

...que muita gente deu opiniões sobre os restaurantes comunitários sem saber de nada. São verborrágicos e "caga regras" do mundo virtual...

...que no PR-DF o clima está pesado. O deputado federal Laerte Bessa irá ao presidente nacional da legenda, Valdemar Costa Neto, para exigir a presidência local...

...que o que Bessa não sabe é que a chave do partido foi entregue a Agaciel Maia. Decisão de cima para baixo. Essa é a situação...

...que a birra de Bessa é com o recém-filiado, o deputado distrital Agaciel Maia, que já chegou cheio de moral da legenda. Cenas dos próximos capítulos...

...que um casamento comunitário aconteceu neste último sábado com a presença do governador Rollemberg. Teve até valsa...

...que os servidores exonerados e que são ligado a Raimundo Ribeiro(PPS) estavam lá e falaram coisas sobre Rollemberg impublicáveis...

Eita Passarinho que sabe de coisas, gente!

Por Odir Ribeiro

Fonte: Redação

Publicado 22/05/16 às 20:36

Um bode na sala


Depois das promoções de praças do Corpo de Bombeiros do DF(CBMDF) que foram a sargentos com menos de 5 anos, o caldo literalmente entornou na Polícia Militar do DF(PMDF).  Claro que os bombeiros são merecedores. 

Acontece, que mesmo regidos pelas mesma lei de promoções(Lei Federal 12086) há na PMDF praças com 13, 14 e 17 anos que ainda são cabos e sequer sabem quando serão alçados a sargentos e por aí vai. A indignação parte desse principio. 

Também pesa o fato de soldados com mais de cinco anos de serviço, onde, já há  a vaga de cabo e o comando da corporação não os promove alegando crise financeira.  

Tamanha disparidade e injustiça entre as instituições irmãs tem gerado um sentimento de revolta. Grupos mais radicais cogitam a velha operação tartaruga e outros mais moderados prometem recorrer ao judiciário pedindo explicações a PMDF. 

O comando da PMDF terá que dar respostas a categoria. Afinal, os policiais  militares precisam estar motivados. Principalmente os praças que patrulham as ruas do DF.

 Não é a toa que as aposentadorias não param de acontecer na corporação. 

Fonte: Redação  

Publicado 21/05/16 às 22:50

Secretaria de Segurança gasta R$ 100 mil com corrida de rua


Informações Carlos Carone, Metrópoles 

 Os policiais militares precisam arriscar a vida nas ruas do Distrito Federal usando coletes balísticos vencidos enquanto índices de criminalidade disparam, como é o caso dos homicídios e latrocínios (roubo seguido de morte). O cenário não é dos melhores e a população busca formas de lidar com o medo. 

Já a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social prefere gastar com eventos esportivos em vez de destinar mais recursos à atividade fim da pasta. A SSP repassou, para a Secretaria do Esporte, Turismo e Lazer, R$ 99.040,00 mil para despesas com a 2ª Etapa do Circuito de Corridas.

O Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) publicou, no último dia 13, uma portaria conjunta entre as duas pastas em que é firmado o repasse do valor. A publicação ainda traz o motivo do investimento: “O fortalecimento da estratégia preventiva de segurança cidadã”.A pasta da Segurança abriga, em sua estrutura, a Subsecretaria de Segurança Cidadã (Susec). O setor é responsável por manter projetos de resgate social por meio da atividade física, entre elas o “Esporte à Meia Noite”, que deveria beneficiar jovens de grupos de vulnerabilidade social. 


Sem lanche

No entanto, Segundo um professor do projeto ouvido pelo Metrópoles, as aulas – que até a semana passada estavam paralisadas em sete cidades do DF – voltaram a ocorrer de forma precária. “Não temos mais como oferecer o lanche que era servido aos jovens”, disse.

Em resposta, a Secretaria de Segurança respondeu que o fornecimento de alimentos que subsidiam o lanche (iogurte, mussarela, queijo frescal e manteiga) está regularizado. No entanto, o professor lembrou de um detalhe importante: o pão consumido pelos jovens ainda está em falta. “De que adianta manteiga se não tem o pão para os alunos consumirem?”, questionou.

Sobre o repasse feito para viabilizar o evento esportivo, a pasta destacou que os recursos serão usados para a realização de uma corrida no próximo dia 29, às 8h30. “O evento reunirá atletas, representantes dos conselhos comunitários de segurança pública e profissionais da área que praticam o esporte”, ressaltou a secretaria.

Ainda segundo a secretaria, os “objetivos do evento atendem tanto aos interesses da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social quanto da Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer, na medida em que promovem a interação entre as forças de segurança e a sociedade e incentivam a prática de esportes”.

Publicado 20/05/16 às 09:21

Ribeiro e Cristiano perdem cargos. Riacho Fundo I tem novo administrador


Como havíamos adiantando com exclusividade a seção 2 do Diário Oficial desta sexta-feira,20, foi implacável. Os deputados distritais Raimundo Ribeiro(PPS) e Cristiano Araújo(PSD) perderam todos os seus cargos na Secretaria de Justiça e na Administração do Riacho Fundo I. 

No Riacho Fundo I, os indicados de Cristiano foram todos exonerados. O novo administrador da cidade é Heitor Miesuaki Kanegae. 

Já na Justiça todos os indicados de Ribeiro deram lugar para os apadrinhados da deputada Sandra Faraj(SDD). Tristeza na Sejus. 

Realmente o governador Rodrigo Rollemberg não está para brincadeira. 

Fonte: Redação 

 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados