Publicado 21/04/15 às 08:00

Um Passarinho Me Contou

...que os deputados distritais deviam se mexer e pressionar o Executivo na questão dos planos de Saúde da Polícia Militar... 

...que os deputados distritais seriam os melhores aliados dos policiais militares e seus familiares para resolver esse imbróglio de uma vez por todas...

...que a única a se pronunciar sobre o assunto foi a presidente da Câmara Legislativa, Celina Leão(PDT) e a se colocar a disposição da categoria... 

...que a Câmara Legislativa ficou três sessões seguidas debatendo um tema LGBT que nem à nível de DF era...

...que Sandra Faraj e Rodrigo Delmasso poderiam fazer o mesmo escândalo que fazem nas causas “ditas de família” em relação aos Planos de Saúde da PMDF. Afinal, PM também tem família... 

...que defender os PMs e suas famílias é sim sair em defesa da família. Será que “a mira” só funciona quando o assunto são os LGBT?...

 ...que um Policial Militar está fazendo uma vaquinha para retirar um câncer da garganta, por falta de apoio do governo. Uma verdadeira vergonha...

...que se o plano de Saúde estivesse ativo, o PM não precisaria passar por tamanho constrangimento. Sem falar no risco de vida. Com doença não se brinca...

 ...que é o único com juízo nas hostes do governo é o chefe da Casa Civil, Hélio Doyle, o restante é só filosofia e quase nenhuma ação. Nesse quesito a coisa está feia... 

...que alguns secretários só prestam para jogar conversa fora, ação que é bom nada. Uma reforma nesse secretariado se faz necessário... 

...que não apenas o secretariado que está de olho em uma reforma administrativa, mas os administradores regionais também... 

...que tem administrador, suplente de deputado, que já estaria arrumando as malas na esperança de assumir o mandato...

...que o personagem  está apostando que vai deixar um “lambe solas” em seu lugar. Sabe de nada e nem inocente é...

...que tem distrital com uma lista para lá de quilométrica para levar ao governador, quando acender o sinal verde das nomeações...

...que este mesmo parlamentar já teria prometido até uma administração regional a um aliado seu...

...que Brasília merecia de presente, nestes 55 anos, melhores serviços públicos e políticos mais comprometidos com o seu dia a dia...


Eita Passarinho que sabe de coisas, gente! 

Por Odir Ribeiro 

Fonte: Redação

Publicado 20/04/15 às 17:34

Mais uma baixa na Polícia Militar do Distrito Federal

Na tarde desta segunda-feira(20), o Sargento Antonio Carlos(foto) foi vítima de uma tentativa de assalto em Sobradinho. O policial, que estava com a sua esposa e cunhada, foi baleado pelos bandidos e infelizmente faleceu no local. 

Essa tragédia só evidencia que o policial militar, é policial 24 horas por dia, está exposto à mesma e, infelizmente, crescente onda de violência que tomou conta do nosso DF, e que não escolhe mais classes e “caras”. Ou seja: não existe folga e nem segurança nem para um representante da lei. 

Além de revelar a sensação de insegurança que todos nós vivemos nos dias de hoje. Mais um pai de família padece nas mãos de bandidos. Essa tragédia poderia ter sido ainda pior, já que a sua cunhada e esposa também foram baleadas. O blog presta as condolências a família deste herói.

 Recado direto 

Aproveitando o momento: o governador Rodrigo Rollemberg poderia aproveitar esse episódio e dar uma boa notícia aos PMs. Rollemberg deveria ordenar uma força-tarefa em prol dos planos de Saúde da Polícia Militar. Resolver isso o quanto antes de forma imediata e sem rodeios. Diante desta profissão de risco, um Plano de Saúde é mínimo que o Estado pode oferecer a esses gloriosos profissionais.

Já não chega o tanto que os PMs sofreram na mão do governo passado. Está na hora deste governo dar uma boa notícia para os sofridos policiais militares.

Fonte: Redação

Publicado às 15:42

A desvalorização parlamentar

Antes...

Com o pires na mão. Nunca na história política de Brasília, os deputados distritais ficaram tão desesperados. Explico. No governo do petista, Agnelo Queiroz, qualquer votação de interesse do Executivo era feita por meio de um monte de barganhas e seção 2 do Diário Oficial amanhecia lotada. 

...nos dias de hoje 

Não está fácil para os distritais. Os secretários do atual governo não dialogam com os parlamentares, um claro sinal de desprestígio.  Atualmente há uma certa barganha e com certeza haverá em um futuro próximo. Mas não como antes, o governo já dá claros sinais que cederá espaço, sim, mas os parlamentares não terão "latifúndios" como nos  governos anteriores. 

Memória 

Nos governo de Agnelo os distritais reclamavam que eram tratados como parlamentares de segundo escalão. Nos dias de hoje podemos dizer que as vossas excelências estão com um tratamento de quinto-escalão para baixo. Não está fácil para ninguém. 

 Essa postagem só possível graças a um parlamentar que nos passou essa valiosa visão. 

Fonte: Redação 

Publicado às 14:50

A lenda do Rombo no Caixa


A lenda

Desde o dia 1 de janeiro há um mistério no ar: os cofres do governo de Brasília estavam vazios ou não? Os bastidores em torno dessa peleja sem graça estão no ar. Nunca se soube o verdadeiro montante dessa dívida. Se é que há débito no caixa. 

A dúvida financeira insiste em pairar no ar, nunca foi divulgado com exatidão esses desencontrados números cabalísticos e pelo jeito continuaremos com essa interrogação por muito tempo.  

O Mínimo 

O planejadores do atual governo precisam focar no básico. Não adianta promessas mirabolantes ou pirotecnia. O importante é o funcionamento dos serviços públicos com o mínimo de condições e isso atualmente não está acontecendo.  

O problema de alguns estrategistas políticos é querer inventar demais e o final da história todos conhecem. Em política, o arroz e feijão costuma ser bem mais eficiente. Cozinheiro que inventa demais no tempero acaba ficando sem cozinha.  Será que fui entendido? 

Fonte: Redação 

Publicado às 13:19

Um Passarinho Me Contou


...que uma crise está prestes a se instalar nas fileiras da Polícia Militar devido a precaridade dos Planos de Saúde da corporação...

...que a dívida do governo com os planos de Saúde da PMDF é de cerca de R$ 70 milhões e, com isso, os hospitais conveniados não atendem os PMs...

...que um Capitão da PM foi uma das vítimas desse impasse nos Planos de Saúde. O Militar quase padeceu na emergência do hospital de Brazlândia...

...que o Capitão foi baleado em uma tentativa de assalto e contou com a sorte e a solidariedade dos amigos para manter-se vivo...

...que a intervenção da Cabe-DF foi decisiva para o militar conseguir o atendimento em um hospital particular e o capitão ficou fora de perigo...

...que devido a esses lamentáveis acontecimentos, já existe um movimento para que a Operação Tartaruga entre em curso. Os planos de Saúde da PMDF vão dar o que falar...

...que os estrategistas do governo precisam ter mais cuidado com a Polícia Militar, não se brinca com essa corporação. Patrício e Agnelo que o digam...

...que a alegação do Governo de Brasília é simples: mais uma herança maldita deixada pelo ex-governador, Agnelo Queiroz...

...que a história dos dossiês está de volta. Pelo menos, 22 parlamentares estão na alça da mira. Um desses personagens fez questão de mostrar toda a papelada para esse colunista...

...que os políticos profissionais estão mais preocupados em ter espaço no governo do que mostrar os erros da atual gestão. Por isso, os políticos opositores estão tão quietos...

...que os leitores desta coluna sabem há muito tempo que o clima entre a Câmara Legislativa e o Palácio do Buriti não é dos melhores...

Eita Passarinho que sabe de coisas, gente! 

Por Odir Ribeiro 

Fonte: Redação

Publicado 18/04/15 às 07:52

Um Passarinho Me Contou

...que o governador Rodrigo Rollemberg vai começar a montar a sua base de governo, o quanto antes. Já está passando da hora...

...que o governador Rollemberg pretende ter 16 deputados distritais compondo a sua base na Câmara Legislativa. Conta Fechada...

...que nos dias de hoje o Palácio do Buriti conta com poucos deputados distritais aliados de verdade. Na Câmara Legislativa é só pancada...

...que caso essa conjuntura se confirme - oito deputados distritais - ficaram de fora da base de apoio e sem cargos no governo....

...que essas perguntas ficam no ar: no Distrito Federal temos forças de oposição? Esses políticos  opositores existem? Um dia existirão?...

...que o PT-DF já mostrou que não têm forças para lançar uma frente opositora. Por enquanto, Chico Vigilante é um lobo solitário...

...que o PSDB-DF pode esquecer, o baque nas urnas foi grande, já os tucanos estão mais interessados em cargos no atual do governo do que outra coisa...

...que falando em tucano, um deputado federal do PSDB confessou, a esta coluna que o seu colega Izalci Lucas, sonha com uma intervenção para ser presidente...

...que a eleição do deputado distrital, Raimundo Ribeiro, para a presidência do PSDB-DF é favas contadas. O caviar da comemoração já está na mesa...

...que parte do PMDB-DF, sonha em liderar um frente opositora, só que os seus deputados distritais, não topam a parada. Rollemberg curte...

...que uma turbulenta Cachoeira começou a cair nos solos dos Detrans de Goiás, Brasília e Pernambuco. O véu já é bem conhecido e o desastre se aproxima...

...que Chico Leite já está fora do PT-DF, só falta a Rede partido de Marina Silva sair do papel, o que deve acontecer nos próximos dois meses...

...que mesmo sem mandato, o suplente de deputado federal, Alírio Neto, está fazendo sucesso nas redes sociais...

...que sua postagem criticando, o governador Rodrigo Rollemberg, obteve mais de 700 curtidas e causou muita repercussão...

Eita Passarinho que sabe de coisas, gente!

Por Odir Ribeiro

Fonte: Redação

Publicado 17/04/15 às 14:12

Com contas equilibradas seção 2 já pode voltar a funcionar

A notícia desta sexta-feira,17, é que no final de maio, o Governo do Distrito Federal(GDF) poderá nomear os servidores normalmente. O GDF recentemente fez uma consulta ao Tribunal de Contas do DF(TCDF) sobre a Lei de Responsabilidade Fiscal(LRF). Para resumir, podemos dizer que está tudo nos conformes, mas o governo precisará de cautela, para não aumentar o gasto com pessoal. O parecer sobre os limites da LRF está no Diário Oficial desta quinta-feira(16). 

Consultamos vários especialistas no assunto alguns chegaram a afirmar ao blog, que se o GDF quiser contratar de imediato, já pode sem maiores problemas. Mas alguns afirmaram que o melhor mesmo é fazer as contratações à partir de junho, para que os cofres públicos possam dar uma "respirada'. 

Emperrada

Todos os setores do governo estão carentes de funcionários, os locais mais atingidos são as  31 administrações regionais, que estão com o seu funcionamento prejudicado devido a falta de pessoal. 

Apertar o cinto 

O funcionário público que quiser aumento nos próximos anos pode esquecer a ordem do GDF e principalmente do TCDF é gastar menos possível. Portanto, quem conseguiu aumento em 2014 deve comemorar, o tempo de vacas magras é mais que certo. 

Fonte: Redação 

 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados