Publicado 22/09/16 às 17:15

Um Passarinho Me Contou

...que aos poucos os deputados distritais aliados vão conseguindo espaços no governo. O Diário Oficial está trabalhando bastante...

...que um dos primeiros contemplados foi o deputado distrital Lira. O parlamentar indicou nomes para a Administração do Recanto das Emas...

...que as indicações tem saído em edições extras do Diário Oficial. E as nomeações são pouco notadas. Mas estão ocorrendo...

...que o Palácio do Buriti já vê Robério Negreiros como aliado e as administrações de Santa Maria e Itapoã estão em sua conta...

...que acomodar os aliados será uma maneira do Palácio do Buriti ter influência na próxima eleição da presidência da Câmara Legislativa. Esse é o plano...

...que as nomeações não só ocorrem nas Administrações Regionais. Uma deputada distrital nomeou bastante lá pelas bandas da Codhab...

...que a onça Telma Rufino sabe como poucas anda em uma selva. Só precisa ter cuidado com certos abutres que associam a sua imagem a dela...

...que pelo menos três deputados distritais defendem a não cassação da deputada distrital Liliane Roriz (PTB). Mas a sede de vingança dos seus pares fala mais alto...

...que na reunião com os blogueiros. O governador Rodrigo Rollemberg ouviu uma sugestão: visitar o Hospital do Paranoá...

...que o governador deveria visitar os hospitais de surpresa. No Paranoá, por exemplo, a coisa está feia. Lá existem pessoas internadas sem condições e piorando o seu estado de saúde...

...que pelo jeito, o reajuste dos servidores não será pago. O cheiro do caos toma conta do Distrito Federal...

...que um veículo de comunicação diga-se blogs não foram feitos para jogar confetes em governos ou mesmo bajular. Essa é a verdade...

...que blogs, sites e outras mídias digitais existem para mostrar os erros. Se o governo for esperto, usa isso para colher acertos. Simples...

...que essa é a função de um blog levar notícias para os amigos leitores e mostrar os erros de quem exerce uma função pública. Se sair disso vira mero Control C + V...

...que respondo só por esse espaço. Quanto a conduta alheia não me interessa e nem é da minha conta. Está dito!..

Eita Passarinho que sabe de coisas, gente !

Por Odir Ribeiro 

Fonte: Redação 

Publicado às 16:04

Câmara Legislativa e a briga pelo poder

A briga pelo poder está a todo vapor na Câmara Legislativa do DF. O foco agora é a composição da próxima Mesa Diretora. O mandato da presidente da CLDF afastada , Celina eão (PDT) termina em dezembro. As cartas já estão na mesa.

Três nomes já estão atrás de convencer os seus pares e porque não o governador Rodrigo Rollemberg, o mais interessado em ter um presidente para chamar de seu. Agaciel Maia (PTC), Sandra Faraj e Joe Valle ( PSB) despontam como favoritos. Cada um  representa uma corrente dentro da CLDF.

Agaciel Maia é o preferido do  Palácio do Buriti e tem a promessa de ser apoiado por Rollemberg. Hoje seria o parlamentar com menos votos na CLDF. Alguns de seus colegas não estão gostando das suas últimas atitudes e o acusam de estar mandando no presidente interino Juarezão (PSB). Eles costumam lembrar que Maia tem o telhado de vidro. O apoio do PT-DF também não é bem visto. Sua candidatura é mais visada e será a mais bombardeada. 

Sandra Faraj está movendo mundos e fundos para a ser a próxima presidente da CLDF. Hoje ela é a candidata dos deputados distritais da Mesa Diretora que está afastada. Pelo menos seis distritais prometeram apoiar sua candidatura. Nos últimos dias uma reunião de líderes causou muito polêmica Faraj sugeriu que os processos de cassação fossem arquivados. A atitude pegou mal perante a opinião pública. Já entre os seus colegas o seu conceito subiu. Nessa brincadeira, Sandra garantiu pelo menos 10 votos de partida. Nada mal.

Joe Valle (PDT) tem um bloco de apoio a seu favor, os dois deputados da Rede Solidariedade o apóiam e esse mesmo bloco não é simpático a Mesa Diretora, leia-se Celina Leão ( PPS). Joe nos bastidores disse que não abre mão da candidatura. O seu bloco diz o mesmo. O Palácio do Buriti não apóia o grupo e não nutre nenhuma simpatia pelas intenções de Joe Valle. Nos bastidores, os parlamentares que compõe esses rebeldes alegam ter mais votos que Agaciel.

No cenário de momento Sandra Faraj é a franca favorita para ser a próxima presidente da Câmara Legislativa. Nesse meio tem dois fiéis da balança: o governador Rodrigo Rollemberg e o bloco de Joe Valle. 

As cartas estão mesa e briga pelo poder até apenas começando.

Entre traições e desconfianças quem terminar vivo já sairá no lucro.

Fonte: Redação

Publicado às 00:01

Coluna do Celson Bianchi


Celson Bianchi - O projeto que regulamenta os Puxadinhos foi fruto de um consenso entre Executivo e representantes dos comerciantes. Como foi construída essa redação e qual a importância para a sociedade?

Telma Rufino: No final do primeiro semestre o Executivo encaminhou um Projeto de Lei Complementar para a CLDF para aprovação da Lei dos Puxadinhos, infelizmente não havia tempo suficiente para analisa-lo, assim como pontos conflitantes. Sugeri a apresentação de um substitutivo que prorrogava o prazo para 30 de outubro. No retorno do segundo semestre a CAF montou um cronograma de reuniões com representantes da categoria e com a Agefis, Administração do Plano Piloto, SEGETH e Casa Civil, e assim foi possível, com a participação de todos, construir um texto que viabilize a regularização. A Câmara cumpriu seu papel ao dar espeço a todos os interessados na elaboração da redação final. Ganham os comerciantes, que podem sair da irregularidade, ganha o Estado, que precisa de dinheiro para recompor seu cofre e, principalmente, a população, pois Brasília é uma cidade tombada e a falta de controle sobre os puxadinhos deixa feia a cidade.


CB - Ainda na área de regularização, o governador Rodrigo Rollemberg participou de uma reunião em Arniqueiras, o que foi discutido?

TR: Tratamos da regularização do Setor Habitacional Arniqueira. Reunimos SEGETH, CODHAB, Terracap, CEB, Caesb e IBRAM, com a presença do governador. Durante o encontro a população pode tirar suas dúvidas sobre o processo de regularização. O governador e todos os órgãos que participam do processo afirmaram que chegou a vez de regularizar Arniqueira. O chefe do Executivo citou os exemplos de São Sebastião, das primeiras Glebas de Vicente Pires e de Condomínios do Jardim Botânico e afirmou que a nova força tarefa é a regularização de Arniqueira. A Ação Civil Pública e as questões ambientais foram muito debatidas e tenho certeza que a população saiu satisfeita com o que ouviu.


CB - Falando em questão ambiental, a senhora sempre se mostrou muito preocupada com o tema. No primeiro semestre foi aprovada uma Lei de sua autoria no sentido de combater o desperdício de água. Como funciona?

Telma Rufino: Trata-se da Lei que Estabelece medidas de emergência para a redução do desperdício de água no Distrito Federal. Muitas vezes passamos por ruas do DF e vemos grandes vazamentos de água. Por vezes é preciso chamar a imprensa para que o problema seja resolvido. Vivemos uma situação de escassez, estamos à beira do racionamento e, em 2018, Brasília será sede do Fórum Mundial das Águas. A Lei determina que a concessionária de Água do DF faça os reparos em sua rede em até 48 horas após notificação de problemas como vazamentos. O descumprimento da Lei pode levar a multas no valor de R$10 mil diários por consumidor lesado, a ser aplicada pela Agência Reguladora.

Invasão 

A Unaf de Planaltina, é uma unidade construída pelo GDF, com dinheiro público, para abrigar famílias de rua, mas estranhamente foi invadida e ocupada por um tal movimento dos trabalhadores sem teto - MTST, desde maio deste ano. 
Lá eles dormem, comem, usam água e luz, gratuitamente pra eles, porém pagos com o nosso dinheiro.
Ministério Público, Tribunal de Contas e o GDF simplesmente fecham os olhos e o condomínio do MTST vai completar seis meses no próximo mês. Será que vai ter festa?

Fiscalização

O Plenário do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) decidiu, por unanimidade, que a Secretaria de Educação do DF não pode interromper o transporte escolar de alunos da Estrutural para escolas no Guará. A decisão confirmou a medida cautelar com o mesmo teor que havia sido concedida em julho, a pedido do Ministério Público de Contas. A Corte reiterou, ainda, a determinação para que a Secretaria restabeleça o transporte no trajeto Estrutural/Cruzeiro, interrompido ainda no primeiro semestre deste ano.

Fiscalização 2

Na decisão, o TCDF levou em conta o Decreto que obriga o fornecimento do serviço de transporte em caso de interdição de unidade escolar, o que ocorreu na EC 01 da Estrutural. Essa escola foi construída em 2008 e está interditada desde 2012.  A norma também obriga a concessão de transporte escolar quando a rede de ensino não for capaz de absorver a demanda de um determinado local. A Corte entendeu que os argumentos apresentados pela Secretaria de Educação foram insuficientes para justificar a interrupção da oferta do transporte escolar e a substituição pelo Passe Livre Estudantil.

Aprovado

A Câmara Legislativa aprovou em 2º turno e redação final a proposta que permite a reeleição de diretores, vice-diretores e membros dos conselhos escolares de escolas públicas. O PL modifica a Lei de 2012, que trata da gestão democrática do sistema de ensino público do DF. A alteração, após sancionada pelo governador Rodrigo Rollemberg, já pode valer para o processo eleitoral deste ano, que acontecerá no próximo dia 23 de novembro.

Reestrutura 

Nesta quinta-feira dia 22 de setembro, a Câmara Legislativa do DF realizará uma Audiência Publica para debater o decreto 37.321/2016 do governo de Brasília que trata da reestruturação da Polícia Militar do DF. 
Tradicionalmente, o DF é dividido pela PM em quatro grandes áreas - Leste, Oeste, Sul e Metropolitano, que concentram 24 Batalhões espelhados por cada uma das regiões administrativas. O decreto 37.321 cria uma série de comandos que vão reger um determinado grupo de batalhões, além de concentrar a demanda burocrática das unidades. Com isso, os militares ocupados com a papelada vão para as ruas. Os comandos serão ocupados pelos chamados coronéis "full", último posto de carreira.

Reestrutura 2

Uma das consequências seria que a mudança na estrutura aumentaria o efetivo responsável pela aplicação do policiamento ostensivo, além de passar a ter coronéis na atividade fim, passando à frente de comandos criados para unir unidades especializadas de policiamento.

Reestrutura 3

O deputado Rafael Prudente do PMDB, que vai presidir a Audiência Pública, alerta que apesar das mudanças focarem no aumento do efetivo destacado para o policiamento ostensivo, é preciso ressaltar que as mudanças podem resultar em efeitos colaterais. 
"O decreto está prejudicando o trabalho dos policiais, os batalhões foram esvaziados, os comandantes perderam autonomia e a criminalidade está aumentando em todo o Distrito Federal", disse Rafael Prudente.

Reestrutura 4 

O Comandante Geral da Policia Militar e os comandantes de todos os Batalhões, além dos representantes dos Conselhos Regionais de Segurança e líderes comunitários foram convidados e devem participar dos debates.
A Audiência Pública começa às 9:30 horas no Plenário da Câmara Legislativa.

Consumidor

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/DF), em parceria com a Fecomércio, lançou em agosto o programa “Selo Amigo do Consumidor”. A iniciativa contempla todo setor de comércio e serviço da capital do país e tem como objetivo credenciar os estabelecimentos comerciais que respeitam o Código de Defesa do Consumidor (CDC). O projeto está sendo realizado por segmento de mercado e agora iniciaremos as inscrições para o setor de Bares e Restaurantes. As inscrições serão realizadas no site do Procon de 21 a 30 de setembro.

Reflexão do dia 

"Essa ideia de se aprovar uma lei aqui para anistiar crimes, para anistiar o caixa 2 em campanhas políticas é um verdadeiro tapa na cara do cidadão honesto desse país!"

Reguffe (SEM PARTIDO)- senador/DF

Fonte: Jornal Alô Brasília 

Publicado às 00:04

Sandra Faraj rebate o blog

Mais cedo o blog afirmou que a deputada distrital Sandra Faraj (SDD havia sugerido o arquivamento dos processos de cassação dos seus colegas  (leia aqui). A parlamentar por meio de sua assessoria de imprensa disse que repudia a nossa matéria. Ok. 

Também temos os nossos esclarecimentos - A informação publicada foi confirmada por alguns distritais que estava vermelhos de raiva com a dita atitude. Perguntei mais uma vez olho no olho e a informação mais uma vez foi confirmada pelos seus pares.

Nós praticamos o bom jornalismo. Abaixo publicamos na integra os esclarecimentos de Sandra Faraj.  


NOTA DE ESCLARECIMENTO - Sandra Faraj 

É com indignação e repúdio que tomei conhecimento da nota publicada por este blog, intitulada “Deputada irrita colegas”. Primeiramente, gostaria de esclarecer que em NENHUM MOMENTO defendi o ARQUIVAMENTO de processos nesta Casa, sem que sejam realizadas as devidas investigações e apurações necessárias para esclarecer os fatos.

Hoje, durante reunião de líderes, defendi e continuarei defendendo, que a tomada de decisões seja mais célere. A Câmara Legislativa do Distrito Federal não pode mais sofrer com o desgaste de sua imagem. Precisamos tomar decisões, providências, para que a população não confunda CAUTELA com MOROSIDADE.


Sandra Faraj – deputada distrital     

Fonte: Redação         

Publicado às 00:01

Coluna do Celson Bianchi

Três perguntas para... Rodrigo Delmasso ( PTN) - deputado distrital

Celson Bianchi-Quais medidas poderiam ser adotadas para contribuir para que o DF saia da crise financeira atual?

Rodrigo Delmasso- Para sairmos dessa crise financeira, duas medidas precisam ser priorizadas. A primeira é acelerar o processo de regularização fundiária e a outra, a regularização da utilização de área pública. Sugiro que o governo faça uma proposta de regularização de utilização de área pública, o que além de trazer segurança aos moradores e empreendedores, aumentará a receita do DF.


CB- Deputado Delmasso, de todos seus projetos de lei apresentados quais destacaria?

RD-Em um ano e meio de mandato apresentei 253 projetos e destaco três deles: A população precisa de respostas rápidas e transparência. Pensando nisso apresentei o projeto de Lei 1202/2016, que institui diretrizes para a Política da Desburocratização no DF. Esta lei tem o objetivo de otimizar e simplificar os processos administrativos e eliminar formalidades burocráticas, possibilitando à administração pública ajustar-se ao modelo de tecnologia da informação. Esta Política de Desburocratização será conduzida por um conselho formado pelos poderes executivo, legislativo, judiciário e pelo Ministério Público. Eu acredito que nossos jovens precisam ser protegidos, pois o futuro do nosso país logo estará em suas mãos. Por isso apresentei o projeto 1141/2016, que institui diretrizes para a Política Pública Distrital de Combate à Violência Sexual contra a Criança e o Adolescente. Como presidente da CPI da Pedofilia, vi a necessidade de criar uma política de proteção a nossos jovens, para que mantenham intacta a capacidade de ter sonhos e ter fé no futuro. O último projeto, já foi aprovado e é a Lei 5625/2016 que garante a distribuição gratuita do canabidiol (CDB) na rede pública de saúde do DF, dentre outros medicamentos. O CBD é importado e com a oscilação do dólar pode chegar a R$ 3 mil, o que dificulta o tratamento para milhares de pacientes de baixa renda. A substância reduz significativamente as crises convulsivas em pacientes com epilepsia.


CB- Como brasiliense, o que gostaria que mudasse no atual cenário político do DF?

RD-Uma cidade só prospera quando há uma boa gestão pública. Acredito que é preciso a melhoria do processo de gestão, estabilidade política das instituições, e mais participação do cidadão nas decisões do governo. A Câmara Legislativa é esta ponte entre o poder executivo e a população. Havendo mais interação entre o legislativo e o executivo, as necessidades das pessoas poderão ser atendidas. Com políticas públicas bem executadas, há a garantia dos direitos do cidadão. Em meu mandato, eu sempre busco as demandas na fonte, que é a população. Um dos programas que tenho é o gabinete itinerante, no qual minha equipe e eu batemos de porta em porta para saber o que as pessoas precisam. Após colhida a solicitação, elas podem resultar em pedidos ao GDF, à administração da cidade, destinação de emendas, dentre outras providências. Após o andamento do pedido, enviamos uma resposta ao cidadão. Eu acredito que a política é feita para servir às pessoas e quando os representantes escolhidos pelo povo agem assim, a mudança começa a acontecer.

Mostrando trabalho 

A Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF) da Câmara Legislativa aprovou, no comando do deputado Agaciel Maia (PR), proposta que cria o Refis 2016 - possibilitando que pessoas em débito com o GDF renegocie dívidas com desconto em juros e multas. A medida vai ajudar o governo a aumentar o caixa e garantir pagamento de servidores, além de investimentos em saúde e educação. Também foi aprovado projeto que dispensa grávidas e obesos de passarem pelas catracas dos ônibus.

Susto

Os funcionários do prédio da Petrobras no Setor de Autarquia  Norte tomaram um tremendo susto.  Tudo porque em tempos de lava a jato um caminhão do Corpo de Bombeiros foi fazer um teste pra próxima simulação de incêndio, que geralmente acontece uma vez por ano. A risada foi geral e todos pensaram que a limpeza na empresa chegava agora na fase da água e sabão. Alguns chegaram a sugerir água sanitária. Afinal no Brasil se perde o amigo, mais não se perde a piada.


Milagres

Todo mundo já ouviu falar em milagre da multiplicação, mas no Itapoã coisa é diferente. Dezenas de prédios gigantescos estão sendo construídos, principalmente as margens da BR. Devem pertencer à algum Santo, e não me refiro ao da novelo. Afinal construir em área irregular nas barbas da Agefis, só pode ser coisa de m$lagreiro, e dos bons.

Assistência

De autoria do deputado distrital Raimundo Ribeiro (PPS), a lei que torna obrigatório manter aparelho desfibrilador semiautomático externo, em locais que concentrem circulação diária igual ou superior a 1.500 pessoas, foi sancionada pelo governador do Distrito Federal. Conforme a Legislação, locais como shoppings centers, hotéis, aeroportos, metrôs e estádios de futebol, entre outros que concentrem grande circulação de pessoas, passam a ser obrigados a possuir o aparelho, que ajudará no socorro em caso de emergência.

REFLEXÃO DO DIA

"Nenhum advogado que se preza consegue ler volumosos cadernos de investigação, depoimentos, medidas judiciais e denúncia em menos de 24 horas e emitir juízo de valor sobre atos do processo. Imagine os curiosos, que nada leram..."
Eri Varela - advogado e ex-presidente da Terracap

Fone: Jornal Alô Brasília 

 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados