08/05/2018 às 06:00

Metáfora da gala seca

 

Imagine está você e seu amigo solteiro naquele estilo gala seca e sedentos por uma mulher maravilhosa linda, gostosa pra caralho, prendada e rica. Para casar! A mina se decepciona com o relacionamento anterior e os dois têm o perfil que ela procura. A deusa está ali isolada, maltratada, porém continua doce e linda esperando um dos dois corteja-lá. Não tenho dúvidas que aquele que tiver mais ousadia irá correr para o abraço.

Você e seu amigo tem as mesmas chances. Qual dos dois abriria mão? Eu não abriria e você? Abriria? Os dois possuem as condições já que a maravilha do sétimo mundo só espera um dos dois tomar atitude. Por que ele é melhor que eu? Foda-se ele vou atrás da minha felicidade. 

Comparo essa situação a corrida ao Palácio do Buriti hoje o atual ocupante perderia a eleição para todos os seus principais adversários políticos. Todos o  ganhariam em um  cenário de segundo turno. Sim, todos. 

O governo é a mulher decepcionada com o seu relacionamento anterior e busca alguém para corteja-lá. Os candidatos são você seu amigo gala seca ambos com as mesmas condições de conquistar essa princesa. Ego? Não! Se eu tenho a mesma chance do meu amigo por que eu teria que abrir mão? Logo eu? Se a mulher da minha vida está ali por quê logo eu tenho que chorar? Que ele que se foda e procure outra mina. 

Esse é o retrato do atual cenário da sucessão ao Palácio do Buriti. 

Moral da História: Se você quer, eu quero mais ainda. 


Fonte: Redação 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados