18/05/2018 às 19:05

Eliana, Alírio e o cenário político

Com a definição da terceira-via restaram Alírio Neto (PTB), Eliana Pedrosa (PROS), PDT de Joe Valle, A Rede de Chico Leite e alguns partidos como PPL e PC do B que não se juntam a chapa de Izalci Lucas. 

O certo seria esses partidos se juntarem formariam uma chapa competitiva e de quebra teriam  apoio do clã Roriz. PC do B não juntaria pela lógica. O PDT não saberia dizer e a Rede é mais uma incógnita. 

Izalci com Cristovam pavimentou o seu caminho e está numa posição confortável queiram ou não.  Todos os méritos para ele. 

A lógica é Eliana e Alírio se juntarem para formar uma outra corrente política para a democracia é salutar ter as candidaturas de Izalci, Frejat, e do  governador Rollemberg e mais algumas. Por que não? O que impediria? 

Só que Alírio não abre mão de ser cabeça de chapa e Eliana vê reais chances no atual cenário. Política e lógica não andam juntas. O atual cenário mostra que os dois unidos podem fazer uma chapa forte e competitiva. 

Só que alguém precisa abrir mão para construir esse caminho. Quem seria? Não sei dizer. Aliás nesse cenário muita gente está errando por tentar adivinhar. 

Alírio e Eliana se quiserem sobreviver ao jogo precisam se unir pelo amor ou pela dor. Não é minha opinião é atual realidade. Quem entender um pouco de política irá chegar a essa mesma conclusão. 

Na atual situação Izalci e Frejat estão com caminhos pavimentados. Já Eliana e Alírio precisam de um lugar ao sol e a união de ambos é o caminho. 

Fonte: Redação 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados