01/11/2017 às 16:22

"Não somos blefe," afirma integrante de frente partidária


O PRB-PSC-PHS e PPS estão reunidos e longe das articulações desastradas da direita e da esquerda. O quarteto partidário quer sair do obvio e conseguir o protagonismo. Um dos entusiastas desse grupo é o presidente do PSC-DF, Daniel de Castro."O Wanderley Tavares(PRB) é pré-candidato a governador do nosso grupo," disse Daniel. 

"O Cristovam Buarque é o senador da nossa frente partidária," afirmou. De acordo com Daniel a intenção é atrair outras forças políticas entusiastas com as ideias do grupo. 

"Precisamos de um governo inovador que deixe a máquina pública  mais inteligente," frisou. 

"Não estamos blefando, o nome de Wanderley é mais que real e  carrega a bandeira da inovação," lembra Daniel. 

O Passarinho perguntou: 

Essa frente partidária é evangélica?

Estamos pensando em Brasília. A nossa frente prega a inovação e nós somos do segmento evangélico. Mas a nossa ideia e ter os melhores nomes do DF, somos uma frente plural.

Essa pré-candidatura de Wanderley Tavares ao  Palácio do Buriti não é blefe para se cacifar no cenário político? 

Não precisamos disso. O Wanderley é presidente de um partido grande (PRB) e as nossas pretensões são para valer. As pesquisas mostram que 72% dos eleitores querem o novo. Iremos nesse caminho. 

Vocês sempre são tratados como coadjuvantes. Como mudar isso?

Eu como presidente do partido, afirmo: queremos ser protagonistas. Não seremos apêndices de ninguém.

O PSC fará um bom papel em 2018?

No PSC estamos com a  nominata tanto para deputado distrital e federal praticamente fechada. Estou otimista para as próximas eleições.

Fonte: Redação

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados