14/11/2017 às 18:23

Goudim, a piada e a legitimidade


Nunca se viu na história da política do DF um cenário tão confuso na disputa ao Palácio do Buriti. Essa configuração está fazendo meio mundo político sonhar. Hoje qualquer cachorro quer ser governador de Brasília. A cada hora surge um  nome mais estranho que o outro.

Um desses personagens é Goudim Carneiro motivo de todas as chacotas e desprezos possíveis no meio político. As piadas em torno do aspirante ao governo são muitas. A politicada dá tapas nas costas e risadas debochadas pelas costas. 

Só que Goudim não é pior e nem melhor que muitos políticos paladinos e ditos donos moralidade. O "gordinho" é do Sol Nascente e tem um discurso do "Povo para o Povo" e se pararmos para pensar até que é um slogan interessante. Só resta saber se os eleitores que sempre votaram na elite comprarão a ideia de um nome forjado na periferia. 

Goudim está prestes a deixar o PPL e ir para o Partido da Mulher Brasileira (PMB). "Mas ele não é mulher e vai se candidatar por lá?" Eis o questionamento.  Mas Goudim tem uma barriga de grávida então segue o jogo. 

A verdade é que a candidatura de Goudim Carneiro é mais que legitima. "Ele terá coragem de encarar a disputa?" Essa é a pergunta. "Será que ele vai resistir ao doce mel dos políticos poderoso oferecendo vantagens?" Pergunta sem resposta. 

Fora esses questionamentos as pretensões de Goudim são legítimas e democráticas. O seu pleito ao Palácio do Buriti irá mostrar se os políticos das cidades-satélites são apenas "bucha de canhão". 

Se o Goudim não for mais blefe para se cacifar será bem interessante acompanhar a sua trajetória. 

Vamos ver se o "gordinho" irá calar a boca dos piadistas. 

Fonte: Redação

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados