11/10/2017 às 18:34

"Aliados" de Rollemberg só pensam naquilo



Os estrategistas do governador Rodrigo Rollemberg que pensam em reeleição ainda não notaram uma coisa: o meio político quer ver o governador derrotado em 2018. Seus aliados são os mais que articulam para estarem bem posicionados em 2018. O desembarque do PDT, por exemplo, é um sintoma de que algo está bem errado.

 Outras legendas estão abandonando o barco na espera de alguém disparar nas pesquisas para poderem encostar.  

PDT-DF 

O partido na verdade está saindo do governo e deixando os seus cargos porque não quer ficar "queimado" para as próximas eleições. O partido está flertando com todas as esferas para pode estar no poder em 2019. O flerte com Jofran Frejat e Eliana Pedrosa já dão tom da coisa. 

PSD-DF 

O sonho de Rogério Rosso, o presidente seria repetir o atual vice-governador, Renato Santana em uma futura chapa. Rosso e a sua trupe não está se articulando no sentido de continuar com o governador Rodrigo Rollemberg. Isso é bem claro. Os passos do deputado federal Rosso serão importantes daqui para frente.  

PRB-DF 

O partido de Wanderley Tavares e do deputado federal Júlio César só pensam em uma vaga majoritária juntamente com os evangélicos. Tudo isso longe de Rollemberg. 

Até se cogita o próprio PRB lançar um candidato ao Palácio do Buriti. A legenda se articula com várias forças políticas e nada de Rollemberg. 

Podemos 

Já dizem que uma filiação da ex-deputada distrital Eliana Pedrosa não está descartada. O presidente do partido é o deputado distrital Rodrigo Delmasso. As pautas LGBTs afastam o Podemos de Rollemberg. 


Solidariedade 

Mais um partido que se articula para 2018 e de forma discreta está nas rodas de conversas políticas. Com certeza a legenda não caminhará com os socialistas nas próximas eleições. 

Resumo

Essa pequena lista é só para mostrar como está a situação do atual governador nos momentos atuais. Esses são os rumos que a sucessão ao Palácio do Buriti está tomando. Os "aliados" estão procurando novos caminhos. Afinal em tempo de políticos enfraquecidos qualquer passo errado poderá resultar em ostracismo. 


Fonte: Redação

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados