16/10/2017 às 13:19

A Frente, Rollemberg e a Quarta-via


O governador Rodrigo Rollemberg vê a sua frente seus aliados se articulando. Os "parceiros"  ligados ao segmento evangélico estão pensando no futuro. A Frente União pelo Futuro está a todo vapor e com muitos planos. PRB, PSC, PODEMOS, PHS, PPS e PROS  estão nesse bolo. 

Todos tem como carro-chefe o senador Cristovam Buarque (PPS) que conseguiu convencer o grupo a apoiar a sua reeleição. O martelo está batido. As articulações desse grupo junto ao senador é promissora se olharmos pelo lado da razão. Essa leva de partidos teria um tempo razoável de TV e potentes cabos eleitorais.  

Não é só isso, essa frente de partidos já viu que pode muito mais e não só querem lançar uma vaga ao Senado, mas sim lançar um candidato a governador. Para isso, teriam apoio do senador Reguffe e outras influentes lideranças que não estão ligadas a escândalos políticos.  

Um desses líderes seria o presidente do PRB-DF Wanderley Tavares que é empresário na área de tecnologia e juntamente com esse grupo fez um plano de governo baseado em inovação. "Nosso grupo tem se reunido e pretendemos, sim lançar um candidato ao Palácio do Buriti," afirmou Wanderley ao blog. 

Analisando as palavras de Wanderley deixa a entender que esse grupo de legendas pretende lançar uma especie de quarta-via. Tem sentido. "A partir do próximo mês a nossa frente partidária ira se reunir com frequência e iremos traçar as nossas estrategias," frisou Tavares.  

Esses dias o senador Reguffe me ligou para saudar a passagem do meu aniversário e na conversa sobre política deixou a entender que poderia apoiar alguém já que está fora da disputa ao Palácio do Buriti. Mais uma pista. 

Até o momento a frente conta com PRB, PSC, PODEMOS, PPS, PHS e PROS  e outros partidos que não se manifestam, mas em breve vão mostrar a cara. 

Os aliados palacianos estão pensando 2018, sem Rollemberg. 

Irá sobrar alguém?

Fonte: Redação

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados