22/05/2017 às 12:12

O que rolou no final de semana

O final de semana foi ligado nos noticiários. O presidente Michel Temer (PMDB) renuncia? Enquanto isso, as articulações e o salve-se quem puder come solto no Distrito Federal. Todos com a cabeça em 2018 e como vão sobreviver até lá. O fim de semana não foi de descanso, mas sim de olho nos bastidores. 

Acompanhem: 

Difícil saber 

O caso Friboi está no radar dos políticos do DF. Até agora a ventania não abalou muito. A não ser o presidente da OAB-DF, Juliano Costa Couto que não tem  relevância política. 

Barba de molho 

Lá pelos lados do governador Rodrigo Rollemberg  apareceu doações da Friboi contabilizadas pelo TSE. Agora resta saber se tem mais alguma coisa que pode afetar o socialista. Um caixa 2, por exemplo. O clima não é dos melhores. 

Pode atrapalhar 

O governador Rollemberg pretende em 2018 vir com o discurso de moralidade. Nada de suspeições. Mas se aparecer algo da Friboi tudo irá por água abaixo. E assim por diante. 

O caguete 

Nas delações da Friboi, um dos delatores diz que dois governadores do PSB recebiam propina. Os socialistas só tem três governadores no Brasil todo. Quem será? 

Tranquilo, favorável 

Os políticos do DF estão adorando todo esse noticiário nacional. Assim a turma fica fora dos holofotes. O final de semana foi super tranquilo para o pessoal da corda bamba. 

Fica na sua 

No meio político, o conselho é para que Tadeu Filippelli (PMDB) não se atreva vir candidato ao Palácio do Buriti. Tentar um mandato de federal é muito mais recomendável. 

Azedou 

Não convidem para a mesma mesa de café da manhã o deputado federal Alberto Fraga e o ex-governador José Roberto Arruda. O "careca" está bem puto com Fraga e nem o recebe em casa. 

Segue a seção 2 

Basta seguir as nomeações da Administração de Sobradinho II para saber quem é o verdadeiro padrinho da cidade. Depois diz que não nomeou. 

Bobos da corte 

Os políticos calangos do cerrado continuam com a idiotice de se compararem ao prefeito de São Paulo, João Dória do DF. Passam longe, a maioria são umbilicalmente ligados a políticos e já até obterem vantagens. 

Piada pronta!


Fonte: Redação 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados