12/04/2017 às 00:30

O insurgente especial: Lista de Fachin e o DF


Por Celson Bianchi 

Na lista 1

O ex-governador Arruda está na lista que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao STF pedindo abertura de inquérito para apurar o suposto recebimento de propina da construtora Odebrecht. O ministro Edson Fachin, relator da Lava-jato na Corte, remeteu o pedido à Justiça Federal do DF. Segundo o Ministério Público, delatores da Odebrecht, afirmaram que Arruda recebeu  em 2014 R$ 996 mil em recursos não contabilizados.

Na lista 2

Agnelo Queiroz também está na lista da Odebrecht. O ex-governador teria recebido R$ 1 milhão em 2010, em recursos ilícitos, conforme delatores. O caso foi remetido à Justiça Federal no DF.

Na lista 3

Ex-secretário de Obras na gestão Arruda, Márcio Machado, está na lista da Odebrecht apontado como recebedor de vantagens indevidas pelos delatores.

Na lista 4


o ex-senador Gim Argello também está na lista da Odebrecht por ter recebido suposto recurso ilícito. Por estar preso em Curitiba, o caso dele foi remetido à Justiça Federal do Paraná.

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados