10/04/2017 às 09:34

A guerra de egos sabota o DF

Se fosse medir o ego da classe política e de alguns lideranças com certeza o Distrito Federal seria pequeno para tanto pavão e inventores do pênis. 

Em plena crise politica e institucional a guerra de vaidades sabota o DF. Exemplo disso é o Palácio do Buriti que não se entende com a Câmara Legislativa. O governo acusa claramente os deputados distritais de estarem sabotando o Executivo com obstrução de pauta, já que projetos do governo não são votados. Créditos suplementares essenciais ao Palácio do Buriti dormitam na pauta da CLDF. 

Os deputados dizem que não votam projetos do projetos do governo porque o mesmo não negocia com a Policia Civil que quer aumento de salários.  E eu te pergunto: E nós com isso? A classe política foi eleita para resolver. A população paga pela falta de segurança e com delegacias paralisadas, por aí vai. Precisamos da Polícia Civil a todo vapor. 

Os deputados soltaram uma nota a imprensa dizendo que não é bem assim. Mas pergunto de novo: E nós com isso? Resolvam! 

Não é só no campo político, mas também institucional. Nesse final de semana tivemos mais uma picuinha entre a Polícia Civil do DF (PCDF) e a Polícia Militar do DF(PMDF). Em uma ocorrência no Recanto das Emas, agentes da PCDF reclamaram que os PMs estavam abordando bandidos sem o devido fardamento e a guerra foi parar no tribunal. No final, o "peba" em questão foi solto. Teatro do absurdo. 

A briga da CLDF com o Executivo prejudica serviços essenciais à população que os colocou em ambos os poderes.   

Enquanto os inventores do pênis continuam com as suas picuinhas, a sociedade fica sem os serviços públicos essenciais. 

Até quando teremos que aturar essas guerra de egos? 

Fonte: Redação 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados