13/03/2017 às 20:14

Postagem de secretário deixa sindicato revoltado


Informações Agenda Capital


O Sindicato dos Médicos do DF (SindMédico), protocolou na tarde desta segunda-feira (13), no Conselho Regional de Medicina do DF (CRM-DF), denúncia contra o secretário de saúde do DF, Humberto Lucena Pereira da Fonseca (foto), por suposta conduta que contraria o Código de Ética Médica.


De acordo com a denúncia, Humberto Fonseca publicou em sua página pessoal do Facebook, uma postagem sobre sua atuação como médico no Hospital Regional do Gama, onde teria atendido juntamente com o profissional médico Ismael, 60 crianças no Pronto-Socorro da Pediatria daquele hospital.

Segundo a denuncia, protocolada no CRM-DF de nº 004207/2017, consta em nome do médico Ismael Alexandrino Júnior, somente 12 atendimentos, em detrimento dos 60 anunciados pelo secretário Humberto.

De acordo com o Código de Ética Médica, é vedado ao médico:

Art. 87 – Deixar de elaborar prontuário legível para cada paciente;

Art. 5º – Assumir responsabilidade por ato médico que não praticou ou do qual não participou;

Art. 49 – Assumir condutas contrárias a movimentos legítimos da categoria médica com a finalidade de obter vantagens

Art. 18 – Desobedecer aos acórdãos e às resoluções dos Conselhos Federal e Regionais de Medicina ou desrespeitá-los.

Nos bastidores comenta-se que as postagens do secretário de saúde nas redes sociais, tem sido consideradas provocativas, e recebidas de forma negativa pelos servidores da saúde, aumentando a animosidade que existe em relação ao governo Rollemberg.

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados