Publicado 22/11/16 às 10:04

Coluna do Celson Bianchi

Boa ação 

Em virtude do Dia Nacional do Doador de Sangue, comemorado anualmente em 25 de novembro, o deputado Bispo Renato Andrade (PR) iniciou uma campanha nas redes sociais para incentivar a doação. O parlamentar está convidando a população para aderir à campanha, reservando um dia desta semana para ir ao Hemocentro e ajudar alguém que precisa. Ele, juntamente com sua equipe, estará na fundação nesta quarta-feira, a partir das 8h30, para fazer a doação.

Boa ação 2

Esta não é a primeira vez que o parlamentar comparece ao Hemocentro em campanha de doação de sangue. Em 2015, o deputado Bispo Renato Andrade também reuniu doadores, pois os estoques de bolsa de sangue estavam em falta. Este ano, o deputado vai aproveitar a oportunidade da visita para entregar Moções de Louvor à Dra. Miriam Daisy e ao Dr. Milton Menezes, em homenagem e reconhecimento ao trabalho realizado pela fundação à população do Distrito Federal.

Boa ação 3

Em nota publicada nas suas redes sociais, Bispo Renato afirma que a doação de sangue é um ato de amor e solidariedade. “Com uma única doação, até quatro vidas podem ser salvas. Este simples gesto pode mudar radicalmente a situação de uma pessoa. Alguém enfermo pode ser curado e uma pessoa à beira da morte pode ser salva com a reposição de sangue. Este é um trabalho de conscientização muito importante”, explicou o parlamentar.

Conselheiro

O governador de Goiás, Marconi Perillo, do PSDB, e o senador Cristovam Buarque viajaram no mesmo voo de Cuiabá para Goiânia dias atrás. O senador do PPS, depois de elogiar o tucano-chefe goiano por sua gestão “competente e enxuta”, disse que deve se preparar para o jogo político nacional, pois o considera como uma alternativa na disputa para presidente da República em 2018.

Fumaça

A Justiça determinou o afastamento do diretor do Hospital da Criança de Brasília, Renilson Rehem de Souza, pelo prazo de 90 dias. O GDF terá que indicar um servidor público efetivo com experiência em função similar, que ocupará o cargo sem remuneração. O novo nome deverá ser preferencialmente indicado pelo Conselho de Saúde do DF.

Prematuro

O centrão ainda não definiu seu candidato à Presidência da Câmara dos Deputados, mas um de seus líderes, o deputado Rogério Rosso (PSD/DF), que comanda o PSD, já colocou o bloco na rua. Nos corredores da Casa, os movimentos, que incluem vídeos, conversas tête-à-tête e grupos de WhatsApp, têm incomodado os colegas, que apontam a abordagem como ostensiva e prematura.

Prematuro 2

Com o slogan "Câmara forte, unida e respeitada", Rosso tem abordado os colegas com vídeos e mensagens. O foco é a valorização do trabalho parlamentar. Rosso fez levantamento e diz a colegas que, nos últimos seis anos, apenas 2% dos projetos apresentados por deputados foram aprovados. Nos dados, baseia uma de suas promessas:
dar prioridade da votação de projetos de parlamentares.

Prematuro 3

Para outras lideranças do centrão, a iniciativa de Rosso repete o erro da disputa pela sucessão de Eduardo Cunha (PMDB), quando o grupo não conseguiu chegar 100% unido à disputa, lançou mais de um candidato e acabou perdendo a cadeira para Rodrigo Maia (DEM). Em julho deste ano, o próprio Rogério Rosso disputou o segundo turno com o atual presidente e perdeu por 285 a 170 votos.

Causa própria

O deputado Ronaldo Fonseca (Pros) acha que da forma como está sendo conduzida a reforma política trará prejuízos a sociedade. Ele disse: "O sentimento que tenho é que vai ser engavetado. A reforma tem que iniciar na Câmara, que representa o povo. O acordo é para passar menos de 2%. Não deve se ter essa pressa toda. Ninguém está desesperado. O assunto mais importante no momento é a Lava-Jato”. Com seis deputados, o PROS é um dos partidos que seriam diretamente afetado pela mudança.

Reflexão do dia 

Quem oferece dinheiro fica em pé, quem não, vai para o chão. Por isso ocorrem as derrubadas seletivas. 

Rogério Ulysses - ex-deputado distrital 

Fonte: Jornal Alô Brasília

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados