Publicado 24/10/16 às 14:00

Coluna do Celson Bianchi

Representação

O deputado distrital Chico Vigilante (PT-DF) e o senador Paulo Rocha (PT-PA) entraram com representação no Tribunal de Contas de União (TCU) contra a venda de ativos da Petrobras. A transação foi realizada pelo governo Temer sem a observância da Lei de Desestatizações. “O processo de desestatização da Petrobras está repleto de irregularidades. O Comitê Nacional de Desestatização (CND) deveria ser ouvido e não foi. E todo esse processo teria que ser seguido de um parecer do TCU. Nós estamos pleiteando a nulidade de todas essas ações”, afirma Chico Vigilante.

Representação 2

Desde a alteração no comando da Petrobras, em maio de 2016, o Governo Temer vendeu a Nova Transportadora do Sudeste (NTS) e a Petrobras Argentina (PESA), além de conceder o campo de Carcará. Essas transações somaram mais de 8,5 bilhões de dólares. Atualmente, estão em andamento a venda de 51% da participação na BR Distribuidora e de 100% da Liquigás Distribuidora. O governo não tem estimativa destas transações.

Líder

Após reunião com a Executiva do Partido dos Trabalhadores os parlamentares distritais Chico Vigilante, Ricardo Vale e Wasny de Roure decidiram, pela permanência de Wasny na liderança da Bancada do PT na Câmara Legislativa do Distrito Federal. A decisão foi tomada após entendimento de que o exercício da função até o período previsto para escolha de nova liderança é positivo ao cumprimento das agendas acordadas pelos parlamentares, à unidade da Bancada na Casa, bem como ao fortalecimento do PT.

Prevenção

A deputada Distrital Telma Rufino, procuradora especial da mulher na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), presidiu a Comissão Geral transformada em ciclo de debates sobre o câncer de mama, no Plenário da Casa. Durante o evento foram ministradas cinco palestras que abordaram temas como a realidade estadual no enfrentamento do câncer de mama.

Sem noção

A avaliação da Secretaria do Tesouro Nacional de que a situação financeira do Distrito Federal é boa, virou piada nas redes sociais. De um lado os servidores públicos bradando que a posição da STN, comprova que o GDF pode pagar o aumento dos servidores, adiado sob a alegação de que o tesouro distrital está no vermelho. Mas a grande maioria ironizava dizendo que se a STN fosse boa pra avaliar a capacidade financeira dos Estados, a União não estaria convivendo com um déficit de 170 bilhões. 

Sem noção 2

Alguns chegaram a dizer que um antigo personagem dos desenhos, chamado Mr. Magoo, cuja deficiência na visão era uma marca, devia ser o responsável pela avaliação do DF. Entre críticas e ironias uma coisa é certa o Tesouro fez uma radiografia totalmente sem noção.

Trabalho

A realização de concurso público para preenchimento de 314 vagas na Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos foi um dos temas abordados pela equipe da Secretaria durante apresentação do relatório de gestão à Comissão de Fiscalização, Governança, Transparência e Controle em reunião, em que participaram os deputados Rodrigo Delmasso (PTN) e Joe Valle.

Trabalho 2

De acordo com o secretário, Gutemberg Gomes, o quadro de especialistas, que atuam na ponta dos trabalhos é necessidade premente, uma vez que a Lei de Responsabilidade Fiscal impede o uso de mão de obra desqualificada ou de estagiários. Ao ser questionado pelo deputado Joe Valle (PDT) sobre o déficit de pessoal, Guttemberg informou que a pasta, que tem cerca de dois mil servidores, precisaria de quinhentas pessoas em virtude do volume de aposentadorias.

Reflexão do dia 

O Governo de Goiás está renovando toda a frota das Forças de Segurança e hoje entregamos 500 viaturas em cerimônia na Academia da Polícia Militar. Até o final deste ano vamos realizar outras duas etapas e assim trocar todos os 2.141 veículos. O investimento é de R$ 134 milhões e mostra que tratamos a segurança pública com responsabilidade e prioridade. Também confirmei o aumento salarial de 12,6% para os servidores da área.
Marconi Perillo ( PSDB)- governador de GO 

Fonte: Jornal Alô Brasília 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados