Publicado 19/10/16 às 09:18

Coluna do Celson Bianchi


Crítico

O senador Reguffe (sem partido-DF) criticou o governo federal, por usar dinheiro público em jantar oferecido a cerca de 500 pessoas para discutir a PEC 241, que limita o reajuste dos gastos públicos ao índice da inflação do ano anterior. 

Crítico 2

Segundo Reguffe, o jantar contou com a presença de deputados federais e seus respectivos familiares e até assessores. E a conta desse jantar, lamentou o senador, vai ser paga pelo contribuinte. "Então isso para mim é um desrespeito ao contribuinte, é uma brincadeira de mau-gosto com o contribuinte, principalmente para se discutir controle de gastos, que é uma coisa importante para o país", afirmou.

Denunciada

A deputada federal Erika Kokay (PT-DF) foi denunciada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por peculato e crime contra a administração pública. A suspeita é que a parlamentar tenha envolvimento no desvio de recursos públicos do Sindicato dos Bancários de Brasília e teria agido ocultando a origem das verbas.

Denunciada 2

Outras pessoas, entre elas, diretores da entidade, estão envolvidas, de acordo com a denúncia. Parte do grupo teria transferido os recursos, e outra, recebido as verbas de forma ilegal. No dia 4 de outubro deste ano, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello, relator do caso, determinou o desmembramento do processo, a notificação da deputada e que testemunhas sejam ouvidas.

Denunciada 3

Marco Aurélio Mello também tirou o sigilo do caso. “Nada justifica, sob o ângulo normativo, a tramitação dos autos do inquérito em sigilo”, informou o ministro, na decisão que foi publicada nesta terça-feira (18) no Diário da Justiça Eletrônio (DJE).

Martelo batido

O presidente Michel Temer irá à cúpula Ibero-Americana em Cartagena, na Colômbia. O encontro será em 28 e 29 de outubro. Pesou na decisão o fato de o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, ter recebido o Prêmio Nobel da Paz.

Mais um

A propósito, está marcada para hoje (19) discussão e votação de parecer no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados em desfavor do deputado Laerte Bessa (PR-DF) por quebra de decoro parlamentar. O pedido foi feito pelo PT, que alega o seguinte: "Bessa teria ferido o decoro quando, em discurso na Câmara, ofendeu a presidenta afastada Dilma Rousseff, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e filiados da legenda ao chamá-los de ladrões e por ter chamado Dilma de vagabunda". 

De olho 

Está confirmada  para hoje, às 14h, a reunião extraordinária da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, que irá votar o prosseguimento do processo disciplinar da deputada Liliane Roriz (PTB).

Liberado

O Plenário do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) decidiu, nesta terça-feira (18), autorizar a continuidade da concorrência para contratação de serviços de vigilância pelo Governo do DF. No entanto, a Corte determinou correções em diversas falhas no edital. Na avaliação do Tribunal, as irregularidades poderiam gerar sérios problemas trabalhistas, superfaturamento, insegurança jurídica à licitação e restrição da competitividade. O custo total previsto para essa licitação é de R$ 555,7 milhões.

Reflexão do dia 

Na semana passada cobrei em plenário, agilidade do Detran em regulamentar o procedimento para o cadastramento de profissionais autônomos e pessoas jurídicas que exploram o serviço de transporte escolar no Distrito Federal. 

Julio César (PRB)- deputado distrital 

Fonte: Jornal Alô Brasília

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados