Publicado 08/09/16 às 17:03

Sorria: seu dossiê está na praça


Nos bastidores da política local o comentário geral, uma pergunta na verdade, é: Quem será a próxima vítima? Ultimamente a palavra dossiê tem virado mantra e temor de muita gente. 

Esse blog está no ar há pelo menos 5 anos. Desde que começamos temos condições  de afirmar que a vida de quase todos os protagonistas da política do DF foi e é vasculhada de cabo a rabo. Ninguém está isento. 

Por exemplo -  para cada  deputado distrital, há um dossiê completo. Sem exceção. Vida pessoal, política e empresarial é arapongada em todos os sórdidos detalhes. Se o sujeito tem uma amante lá está no dossiê. Se usa drogas, um prato cheio para os levantamentos e por aí vai.

Os dossiês atingem todos os envolvidos na política. Empresários do ramo de vigilância e afins são alvos fáceis. Aquele que tem o famoso rabo preso é uma vítima em potencial. 

Para entender melhor -->  informações valem dinheiro e esses personagens viram reféns dos seus próprios deslizes. Os áudios recentemente divulgados mostram que os militantes dos bastidores da política sabem de tudo e de todos. Está na boca do corvo é mais que comum, basta entrar nessa vida pantanosa. 

Há até uma central que produz esses documentos nada republicanos. Portanto, se você é da política e tem as suas amantes, rolos ou qualquer mal feito, seu dossiê está em alguma gaveta da cidade pronto para ser usado. 

E se você não fez nada, não se preocupe, há um dossiê da sua pessoa. Quem não deve não teme. Então durma em paz. 

Fonte: Redação 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados