Publicado 27/09/16 às 00:03

Palácio do Buriti cada vez mais isolado

Desde o início da gestão Rodrigo Rollemberg retratamos sobre o isolamento político de seu governo. E nessa última segunda-feira, 26, o essa situação ficou mais evidentemente. Uma audiência pública promovida por deputados distritais evidenciou essa situação. O motivo do entrevero é a Agefis comandada por Bruna Pinheiro. As derrubadas abruptas do órgão desgasta a imagem do governador. O governo se defende dizendo que combate a grilagem é fundamental para o futuro do DF.

A tensão aumenta quando os deputados distritais entram no meio. Os parlamentares prometem não votar mais nada relativo ao governo. A intenção é achar um meio termo para as derrubadas. Se isso é possível. A relação entre CLDF já não é nada boa e as derrubadas da Agefis só pioram as coisas.

Poucos falam, mas, a realidade é que o Palácio do Buriti tem uma verdadeira repulsa a Câmara Legislativa. Nesse meio estão os moradores angustiados porque as suas casas foram derrubadas. Tristeza de um lado e a frieza dos tratores da Agefis estão no meio da guerra de egos.

As coisas poderiam estar piores, porque alguns parlamentares estão na mira da justiça com a Operação Drácon e os seus campos de atuação estão limitados. Mas as críticas a Rollemberg são duras. A coisa está no estilo "Todos contra Rodrigo." 

Para ter a uma ideia nessa audiência pública até o deputado federal Izalci Lucas(PSDB) ganhou espaço para disparar críticas em direção a Rollemberg. O parlamentar questionou a ausência de representantes do governo na audiência pública. 

E mais:  a obstrução de pauta não será adotada por todos os parlamentares. A deputada Telma Rufino, por exemplo, está com o governo mesmo nos momentos de tensão.

A turbulência do avião político parece não ter fim. 

Fonte: Redação 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados