Publicado 12/09/16 às 07:00

O aliado descontente

Quem pensa que o governador Rodrigo Rollemberg tem problemas políticos só fora de casa está enganado. Com essa crise política, alguns detalhes passam despercebidos. Uma desses casos é a situação do ex-deputado distrital, Roosevelt Vilela (PSB). Sua vida pós Câmara Legislativa está sendo muito comentada por seus colegas de partido. Vilela será secretário-adjunto da recém-criada Secretaria das Cidades, Marco Dantas será o comandante. 

Roosevelt é primeiro-suplente de deputado distrital. No começo do governo foi administrador da Candangolândia/ Núcleo Bandeirante. Logo após um acordo costurado com o governador Rollemberg, Joe Valle (PDT) foi ser secretário de Trabalho e assim o Bombeiro Militar virou deputado.

Na CLDF Roosevelt era um estranho no ninho e na ânsia de defender o governo desentendeu-se com alguns de seus colegas. Não foi só isso. Vilela também se desgastou com a sua base eleitoral. Colegas militares hoje não o veem como antes. Como suplente ele teve muito pouco a fazer. 

Na CPI da Saúde, quando foi parlamentar, suas perguntas irritavam os colegas e agradavam o Palácio o Buriti. Logo, o militar ganhou o apelido de -  "Pitibull de Rollemberg" - devido a sua ferocidade na defesa do governo. Isso valeria pontos políticos. Só que não.

No final das contas, o que sobrou para Roosevelt foi ser secretário-adjunto de Cidades. Quem disse que a política é justa?

Será que tudo valeu a pena? 

Fonte: Redação

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados