Publicado 26/09/16 às 00:37

Coluna do Celson Bianchi

  Disputa

Começou oficialmente a campanha para a sucessão do procurador-geral de Justiça do DF, Leonardo Bessa. Ele está na disputa pela recondução a mais dois anos de mandato à frente do Ministério Público do DF. Mas concorre com três colegas: os promotores Dênio Augusto de Oliveira Moura, Ricardo Antônio de Souza e Nardel Lucas da Silva.

Plágio

A desculpa publicada na coluna de política em outro veículo, dando conta que o verdadeiro responsável pela gravação do ex senador Luis Estevão foi o atual marido de Liliane Roriz, segue o mesmo enredo de outra gravação.
Foi esta a mesma justificativa dada por um advogado pra gravação do ex governador Arruda, quando em visita em sua casa, durante as eleições de 2014, às vésperas do julgamento pelo TSE, a diferença é que na época a culpada foi a esposa. Santa falta de criatividade.

Socorro.

O presidente da Associação Comercial do DF, Cleber Pires deu o grito de alerta. Mais de 11 mil empresas fecharam no Distrito Federal e as demissões já ultrapassam 300 mil pessoas que perderam seu emprego. A situação é crítica e não será resolvida com blá blá bla, alertou. O DF pede ação, e de forma urgente.

Suspeita

O Ministério Público de Contas obteve a suspensão do pagamento de R$ 914,6 mil, por parte da Secretaria de Saúde (SES), referente à compra de lençóis para a rede hospitalar pública. A representação, oferecida pelo MP de Contas, apontava suspeitas de irregularidades relativas à qualidade do material. Por unanimidade, o Tribunal de Contas (TCDF) acatou o pedido de suspensão e pediu esclarecimento à SES e à empresa que forneceu o material.


Suspeita 2

Em maio deste ano, foi firmado um contrato entre a SES e a empresa HC Alecrim Distribuidora Ltda-ME para a compra de lençóis, cobertores, cueiros e colchas para a rede hospitalar do DF. O valor total é de mais de R$ 13 milhões.

Insatisfeitos

Em audiência pública realizada na Câmara Legislativa, policiais militares e representantes de conselhos de segurança do DF reclamaram da reestruturação administrativa na Polícia Militar. Segundo eles, o decreto que mudou o sistema de comando e de atendimento foi elaborado sem diálogo com os profissionais que atuam nas cidades.

E agora?

Representantes de diversas categorias de servidores públicos do Distrito Federal ameaçam entrar em greve geral, caso o governo não confirme o pagamento dos reajustes salariais em outubro. A possibilidade foi apresentada por diversos sindicalistas durante comissão geral realizada na Câmara Legislativa para discutir o cumprimento das leis que aprovaram planos de carreira para 32 categorias.

Fiscalização

O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) inaugurou o Laboratório de Controle Externo de Obras Públicas, que será utilizado para análise de solo e asfalto. A unidade, que levou um ano para ser montada e equipada, permitirá ao corpo técnico do Tribunal avaliar obras de pavimentação em todas as suas etapas, desde a preparação do solo até a aplicação da última camada, que é a capa asfáltica.

Fiscalização 2

Ao todo, foram investidos cerca de R$ 380 mil no laboratório, sendo aproximadamente R$ 50 mil na reforma do espaço e R$ 330 mil na compra de máquinas e equipamentos, que têm capacidade para realização de até 14 tipos diferentes de testes. Entre esses equipamentos está o forno NCAT, uma máquina capaz de calcular com precisão o teor de betume efetivamente utilizado na pavimentação.


Fiscalização 3

Além de permitir uma avaliação precisa das obras, do início ao fim, o laboratório de asfalto também vai ajudar o Tribunal a atuar de forma mais ágil. “Nós teremos condições de saber se o asfalto é de boa qualidade enquanto ele ainda estiver sendo executado e, dessa forma, poderemos determinar aos órgãos que contrataram as obras as correções necessárias e até a suspensão de pagamentos, em caso de execução abaixo do padrão de qualidade”, explica o presidente do TCDF, Conselheiro Renato Rainha.

 Audiência

Por iniciativa dos Distritais  Rafael Prudente (PMDB) e Telma Rufino (SEM PARTIDO) , a Câmara Legislativa realizará nesta segunda-feira às 9h30, Audiência Pública para debater as derrubadas de construções em várias localidades do DF. O tema é de muita importância, pois as autoridades envolvidas, entre elas a AGEFIS, precisam dar informações sobre os critérios adotados para a derrubada de várias casas no DF.

Reflexão do dia

Sancionamos o projeto de lei que autoriza a abertura do comércio aos domingos e feriados em todo o Distrito Federal. É uma iniciativa em que todos ganham: o trabalhador, pois vai receber em dobro quando trabalhar no domingo; o cidadão que está desempregado e tem a chance de ser contratado; o consumidor, que terá mais uma opção para fazer suas compras; e o empresário! A medida passa a ter efeito prático no dia 2 de outubro.

Rodrigo Rollemberg (PSB)- governador /DF. 


Fonte: Jornal Alô Brasília

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados