Publicado 13/09/16 às 11:30

A crise política e os aliados

Antes da crise política, o Palácio do Buriti havia prometido uma reforma administrativa. Os últimos acontecimentos atrapalharam os planos do governador Rodrigo Rollemberg. Uma mexida no secretariado e administrações regionais estava prevista. A intenção era abrigar os aliados na estrutura do governo e aprovar projetos polêmicos de interesse do Executivo. Só que a crise política chegou e tudo ficou emperrado. 

Dar cargos para deputados na altura do campeonato seria um risco -  não se sabe qual o próximo nome que pode cair em maus lençóis. Não teve jeito. O governo está arriscando, e de forma tímida está abrigando alguns "amigos". 

No Diário Oficial desta terça-feira, 13, foi publicada as exonerações dos administradores do Paranoá e Itapoã. As conversas dão conta que o deputado distrital Robério Negreiros é o padrinho político do Itapoã. No Paranoá a cota ainda é do PSB.

A Secretaria das Cidades, que será comandada por Marcos Dantas, tem a missão de dar um jeito na inoperância das administrações regionais. O objetivo é melhorar  a imagem do governo nas cidades-satélites.

Nos bastidores os ditos aliados vão nomear aos poucos os seus escolhidos. O Palácio do Buriti procura a tão sonhada blindagem política. 
Fonte: Redação

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados