Publicado 14/09/16 às 00:01

Coluna do Celson Bianchi

Combate a sonegação

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Legislativa aprovou o projeto do Executivo que revoga a Lei  que fixa valores mensais para o recolhimento de impostos. A lei em questão fixa o valor de R$ 62,50 para o recolhimento do ICMS e do ISS devido pelas microempresas operantes pelo Simples Nacional cujas receitas brutas não ultrapassem R$ 120 mil no ano anterior.


Combate a sonegação 2

Ao apresentar a proposta, o Executivo alega que a regra dos valores fixos, aplicada apenas no DF e em Fernando de Noronha (PE), possibilita a sonegação pelos que excedem o limite de faturamento, sendo que os valores sonegados são difíceis de serem recuperados. Com a revogação da lei, o governo estima arrecadar cerca de R$ 17 milhões.

Visita

Cerca de 30 alunos do ensino médio do Centro de Ensino Universalizante Brasileiro (Ceubras) de Samambaia visitaram a sede da Câmara Legislativa. Acompanhados pelo professor de História Gecione Fernandes e pelo coordenador pedagógico José Fernandes Neto, os estudantes foram recebidos por servidores da Seção de Relações Públicas da CLDF.

Visita 2

Eles receberam informações sobre a história do Legislativo local, as atividades legislativas e os trabalhos dos deputados distritais. Observaram detalhes das instalações da Casa e conheceram o plenário e sua galeria, o foyer do plenário e as duas praças inseridas na área da Câmara.

Leveza

A Arte Letras Editora, a Prefeitura da QE40 e a Administração Regional do Guará lançarão na próxima sexta-feira (16), na Praça Itajubá na QE40, o 4º livro do escritor, compositor e poeta da comunidade Henrique Pereira de Oliveira, o pedreiro que constrói poesias. O livro é uma narrativa dos Jogos Olímpicos realizada no Brasil, em agosto, na visão do escritor. Uma homenagem aos atletas de todos os continentes, como forma de amizade e celebração da paz mundial. Paz esta tão necessária nos últimos tempos!

Hipocrisia 

Foi com todas as letras e sem cerimônias que o deputado Eduardo Cunha (PMDB/RJ), se referiu desta forma ao Deputado Rogério Rosso (PSD), em entrevista, por ter votado a favor da sua cassação. Um dos parlamentares mais próximos a Cunha, tendo sido escolhido pessoalmente por ele pra ganhar projeção pessoal como presidente da Comissão do Impeachment, o que acabou por contribuir pra sua humilhante derrota na disputa pra presidente da Câmara, na disputa com Rodrigo Maia do DEM.

Hipocrisia 2

Na selva da política vale a sobrevivência. Rosso, apesar de todos os favores que recebeu de Cunha, foi apenas até a beira do abismo, deixou o amigo saltar sozinho. Até tu Brutus.

Desleixo

O Governo do Distrito Federal sempre teve um cuidado absoluto com as publicações do Diário Oficial. Uma equipe de revisores estavam sempre de prontidão pra não deixar que textos com erro de português fossem publicados por pressa dos interessados em atos e normativos. Atualmente a coisa mudou e retificações se tornaram um hábito, quando não passam batidas. 

Desleixo 2

Erros de concordância então passaram a ser comuns, como no caso da nomeação apressada do novo titular do Itapuã, em cujo texto saiu:"...para exercer o cargo de administrador regional, das Administração Regional..."pobre DF, não é a toa a nota vergonhosa do Ideb.

Reflexão do dia 

Engraçado que no Brasil, quando algum cidadão de bem decide espontaneamente denunciar esquemas de corrupção, ele é perseguido, demitido, ameaçado e acaba "aprisionado" de alguma forma.

Caio Barbieri- jornalista (foto)

Fonte: Jornal Alô Brasília 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados