Publicado 26/08/16 às 10:04

Coluna do Celson Bianchi


Três perguntas para... Professor Wilson Granjeiro - diretor da Escola de Governo do GDF

Celson Bianchi- Como o senhor vê a gestão pública no Brasil?

Wilson Granjeiro - Os governos vem sofrendo uma grande crise de gestão. Isso vai do estadual ao municipal. O caos está instalado e a população não está sendo atendida. As pessoas e os órgãos ainda estão presos as rituais e as burocracias. O que impede o surgimento de coisas novas. E isso é preocupante. É preciso solucionar para que o sistema tenha como o objetivo o  cliente no início e na saída.

CB- No caso específico do DF o governo tem tentando sair disso?

WG- Desde que eu assumi esse cargo de confiança do governador, eu tive três preocupações que estou conseguindo resolver. A criação de estrutura física no governo; mudar a legislação e falta pouco para conseguir isso; e reformular os cursos. No ano passado conseguimos aumentar em 300% a gestão pública.

CB- Com relação a postura dos servidores, é preciso mudar algo?

WG- É preciso mudar as cabeças das pessoas. Elas precisam enxergar que o cargo público não é cabide de emprego, que vão ficar um período curto. É preciso mudar a cultura. O que posso pedir a população é que tenha paciência. A gestão pública vai orgulhar o cidadão. Mas é preciso a participação do cidadão civil que cobre e vigie.


Pressão popular 

Cidadãos de várias partes do DF confirmaram presença em ato público organizado por meio das redes sociais contra suposta corrupção entre distritais. O evento, batizado de "Limpeza da Câmara Legislativa do DF" está marcado para o próximo dia 2.


Ele voltou...

Depois de uma temporada no primeiro escalão do GDF, o distrital Joe Valle já está de volta ao legislativo. No primeiro dia de trabalho procurou prestar contas do que fez durante a passagem no executivo. "Hoje, a Sedestmidh se encontra, bem organizada em sua estrutura hierárquica e bem direcionada em sua meta e em seus objetivos, com quadro próprio de técnicos e especialistas da área da assistência social, ainda que deficiente. Isso não quer dizer com isso que todo o trabalho foi feito, pois é necessário aprofundar as mudanças iniciadas na nossa gestão. Voltamos à Câmara também para dar continuidade ao trabalho realizado na Sedestmidh. Vamos criar a Frente Parlamentar da Assistência Social para fortalecer a Política Distrital de Assistência Social", disse:

Inovação

A presidente do Memorial JK, Anna Christina Kubitscheck Pereira, recebe jornalistas hoje para apresentação do novo projeto de modernização e acessibilidade do espaço. As mudanças democratizaram o acesso aos conteúdos do acervo, de modo a aproximar o Memorial dos jovens e, também, dos portadores de deficiências auditivas, visuais e motoras. Na ocasião, o presidente Juscelino Kubitschek, por meio de holografia, apresentará aos jornalistas qual era o plano de metas de seu governo. O recurso é usado pela primeira vez para retratar um vulto nacional em um museu brasileiro.


Apoio

O Instituto do Câncer de Mama está com uma importante campanha. Vamos salvar o site do câncer de mama? Não custa nada. O Site do câncer de mama não tem obtido o número de acessos e cliques necessários para alcançar a cota exigida pelos patrocinadores oferecerem  mamografias gratuitas em troca de publicidade. Basta ir ao site e clicar no icone cor-de-rosa que diz 'Campanha da Mamografia Digital Gratuita'. Este gesto fará uma enorme diferença.
www.cancerdemama.com.br


REFLEXÃO DO DIA 

"De acordo com a Constituição Federal, o STJ é o tribunal competente para investigar governadores. Sendo assim, o órgão que requisita apuração sobre o chefe do executivo local é o Ministério Público Federal. Logo, o Ministério Público do DF não dispõe de poder de investigar o governador."
Eri Varela - advogado

Fonte: Jornal Alô Brasília 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados