Publicado 03/07/16 às 23:48

Coluna do Celson Bianchi


Jorrando

A TCB colocou duas atendentes por turno no posto do Aeroporto JK. Elas não têm computador, nem telefone, tão pouco material de expediente. O que elas fazem? Ficam o dia todo sorrindo. Uma economia e tanto aos cofres públicos! Dia desses um turista passou por lá para pedir informação e uma delas disse: vai ali no balcão da Secretaria de Turismo.

Venda casada

A Câmara Legislativa aprovou o projeto de lei que proíbe a comercialização de brindes, brinquedos e afins em conjunto com refeições destinadas ao público infantil em restaurantes e lanchonetes do DF. A proposta, que veta a venda casada desses itens, foi proposto pelo deputado licenciado Joe Valle (PDT). "A venda casada de refeições com brindes e brinquedos incentiva o consumo de alimentação rica em açúcares e gordura. Muitos pais não resistem aos apelos dos filhos pelos brindes e acabam permitindo o consumo", explica Valle.

Venda casada 2

De acordo com o texto, fica permitida a venda de alimentos com brindes ou brinquedos, desde que também possam ser adquiridos separadamente, de acordo com a escolha do consumidor. O projeto segue para a sanção do governador.

Mal silencioso

Doença silenciosa que afeta trezentos e cinquenta milhões de pessoas no mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão tem sintomas que comumente podem ser confundidos com uma simples tristeza ou desânimo. A falta de acesso à informação sobre as causas e sintomas da doença é uma grande barreira na busca de ajuda. Preocupado com essa situação, o deputado Agaciel Maia, presidente da Comissão de Economia, Orçamento e Finanças, apresentou projeto que institui a Campanha Permanente de Informação, Prevenção e Combate à Depressão no Distrito Federal. 

Mal silencioso 2

A propositura foi aprovada na Câmara Legislativa. “Precisamos esclarecer à população o que é a depressão, a quem e onde devo recorrer. Dessa forma ajudaremos as pessoas à buscarem ajuda profissional, além de combater o preconceito que cerca a doença e o paciente”, justificou Agaciel Maia.


Restituição

A Câmara Legislativa do DF aprovou projeto de lei do deputado Chico Vigilante (PT) que obriga o GDF a devolver os valores do IPVA já pagos aos motoristas que tiverem seus carros subtraídos em furtos ou roubos. De acordo com a proposta, para ter  direito ao beneficio, o solicitante deverá ter em mãos o Boletim de Ocorrência (BO) lavrado pela autoridade policial competente.

Restituição 2

Agora, o projeto segue para sanção do governador Rodrigo Rollemberg que terá um prazo de 90 dias para publica-la ou veta-la no Diário Oficial do DF. "Sabemos que o DF tem um alto índice de roubos e furtos de veículos. Nosso projeto procura compensar o cidadão pela ineficiência do estado em relação à segurança pública", comemora Vigilante.

Prestígio

O presidente interino Michel Temer recebeu líderes empresariais de todo o país na semana passada, no Planalto. Entre eles, o empresário e administrador de Águas Claras, Valdeci Machado.

Contra as drogas

A Câmara Legislativa aprovou o projeto de lei, de autoria do Deputado Bispo Renato Andrade, que institui medidas de prevenção e combate ao uso indevido de drogas e ao tráfico de drogas ilícitas nas escolas públicas e privadas do DF. Em 2015, até o mês de maio, mais de 160 casos foram registrados pelo Batalhão Escolar, no perímetro das escolas do DF, sendo cerca de 40% desses, relacionados ao uso, porte e tráfico de entorpecentes. Neste mesmo período, três diretores de escolas públicas de Ceilândia foram ameaçados de morte por denunciarem a venda ilegal de drogas nos arredores e até mesmo dentro das escolas.


Modernidade

De autoria do deputado Raimundo Ribeiro (PPS), a Câmara Legislativa aprovou o projeto de lei que cria o Programa de Identificação Assistencial dos beneficiários de programas assistenciais mantidos pelo GDF. O objetivo da proposta é usar a tecnologia do cadastro biométrico para garantir a segurança e evitar fraudes no pagamento de benefícios, proporcionando desta forma, a transparência e o controle dos mesmos.

Modernidade 2

Com a medida, a identificação por meio do CPF e biometria, permitirá a avaliação do conjunto de benefícios legalmente recebidos por cada pessoa inscrita nos diversos programas mantidos pelo Governo do Distrito Federal e, em consequência, garantirá a otimização dos recursos orçamentários.

Idosos

 Construção do Centro de Referência do Idoso. Implantação de Centros de Inclusão Digital em cidades do Distrito Federal. Implantação do Programa Saúde na Família. Essas são três das emendas apresentadas pela vice-presidente da Câmara Legislativa, deputada Liliane Roriz (PTB) à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2017 que foi votada em segundo turno nesta quinta-feira, 30 de junho, pelos distritais. Outras duas emendas de Liliane também foram aprovadas: uma impede que o GDF atrase ou parcele pagamento dos servidores e a outra exige justificativa de melhoria no serviço público prestado quando houver reajuste em tarifas.

Idosos 2

Emenda que enche os olhos de Liliane Roriz é a construção do Centro de Referência da Saúde do Idoso. “Incluí essa emenda na LDO porque é fato que o número de idosos no DF está aumentando sobremaneira. Trata-se de uma parcela da nossa população que requer cuidados específicos e o Centro será o lugar certo para esse atendimento”.  Para garantir que o discurso saia do papel, Liliane fez incluir emenda de sua autoria para a implantação do Programa Saúde na Família; assim, durante a discussão da Lei Orçamentária Anual de 2017, a partir de agosto deste ano, deverá alocar recursos para estes fins. 

Reflexão do dia 

"Vaquinha para Dilma, já passou de 500 mil! Ué PresidAnta , vc não é popular? Viaje em avião de carreira! O povo vai adorar!"

Alberto Fraga (DEM)- deputado federal 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados