Publicado 07/06/16 às 20:07

O mistério de Robério

Nesta terça-feira,7,  o clima esquentou na Comissão de Constituição de Justiça(CCJ) da Câmara Legislativa. O debate gira em torno da proposta de emenda à Lei Orgânica nº 43/2016, que proíbe o GDF de implantar as Organizações Sociais(OSs) no sistema público de Saúde. 

Fazem parte da CCJ, os deputados distritais: Sandra Faraj(SD), Robério Negreiros(PSDB), Raimundo Ribeiro(PPS), Chico Leite(Rede) e Bispo Renato(PR). Os votos por lá estão bem divididos. 

Chico Leite, o relator da emenda enxerga brechas de inconstitucionalidade na emenda. Por esse motivo é contra a proposta ir a plenário. Porém, Chico é contra as OSs. Já Bispo Renato e Raimundo Ribeiro votam para a questão ser resolvida no plenário. 

A controvérsia ficou por conta de Robério Negreiros que pediu vistas. Diversas especulações giraram em torno do nome do parlamentar. Uma delas é que o governador Rodrigo Rollemberg teria ligado e por isso a decisão. Já outro boato dizia que Negreiros teria uma administração regional como garantia. Robério desmentiu tudo.

Claro que ligamos para Robério e ele disse com exclusividade que o seu voto será lido na próxima terça-feira,14, às 10:30. "Eu pedi vistas para analisar com calma e responsabilidade," disse Robério espantando os boatos.

São cinco votos em jogo. Se Robério votar com Bispo Renato e Raimundo Ribeiro, a emenda vai a plenário. Se votar para quem emenda seja engavetada dá empate e a decisão fica com Sandra Faraj. O distrital está entre a cruz e a espada. 

Essas OSs ainda vão dar o que falar.

Fonte: Redação 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados