Publicado 28/06/16 às 00:00

Coluna do Celson Bianchi


Por Celson Bianchi 


Relator

Depois de aprovada na Comissão de Constituição e Justiça, a proposta de emenda à Lei Orgânica que proíbe as organizações sociais no DF já tem relator definido. O deputado Robério Negreiros (PSDB), presidente da Comissão Especial que analisa esse tipo de proposta reivindicou a relatoria. Na CCJ, Robério votou pela admissibilidade do projeto e, dessa vez, precisará analisar o mérito da questão.

Indefinição

O relatório de Robério Negreiros pode ser decisivo, já que na Comissão Especial existe uma clara polarização. São membros titulares os governistas Agaciel Maia (PR) e Israel Batista (PV), mas também estão presentes Ricardo Vale (PT), autor do projeto, e Reginaldo Veras (PDT), que já se manifestou contra a implantação de organizações sociais. Resta saber como votarão os deputados Cristiano Araújo (PTB) e Rodrigo Delmasso (PTN) para definir a possível terceirização dos hospitais do Distrito Federal. 

Silêncio! 

O deputado Ricardo Vale queria colocar o projeto que altera a Lei do Silêncio em votação ainda nesse semestre. Mas mudou de ideia atendendo a um pedido de alguns parlamentares da Câmara Legislativa e em acordo com a presidente da Câmara Legislativa, Celina Leão. "Para que tenhamos um amplo e último debate com todos os setores envolvidos na discussão, estou chamando uma Comissão Geral, para o início de agosto", disse o deputado.


Gigantes de volta

Radialistas que fizeram nome na antiga Rádio Planalto AM, campeã de audiência por mais de 50 anos em Brasília, lançam nesta quarta-feira (29) a programação da nova Clube AM. A rádio, que até então está repetindo o sinal da FM, vai voltar a ter conteúdo próprio.

O cerco fechou 

Ministério Público entra com representação junto ao Tribunal de Contas do DF por conta de contratação feita pela Secretaria  de Ciência e Tecnologia no governo Agnelo. A suspeita é de irregularidades no pregão que escolheu a agência de turismo responsável pela emissão de passagens do Programa Ciência Sem Fronteiras, que já é alvo de procedimento de investigação em razão de suposto direcionamento de escolha de universidades estrangeiras.

REFLEXÃO DO DIA

"É no debate que construímos as melhores propostas. Eu sempre disse aos  gestores que a resposta está muitas vezes com a população. O que não podemos é tentar impor a nossa vontade. Sou sempre a favor do debate franco e aberto. E quando convencido sou o braço a torcer".

Bispo Renato (PR) - deputado distrital  

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados