Publicado 20/06/16 às 07:40

Coluna do Celson Bianchi



É fato!

Apesar de alguns deputados federais terem cantado aos quatro cantos que articularam com o presidente Michel Temer um possível aumento salarial para forças de segurança do DF, apenas um, de fato, tem insistido com o interino na tese de que é preciso reajustar os vencimentos dos militares. Fraga (DEM) esteve no Planalto para cobrar a medida e tem batido ponto em vários ministérios para fazer cálculos de que há recursos. Os outros até têm percorrido algumas salas do governo. Mas com uma só preocupação: cargos.

Fominha

Por falar em cargos no governo federal, tem até distrital se achando no direito de nomear. "Eu fui peça importante no impeachment", esbravejou um deles dia desses em reunião com aliados. Vai achando... 

Nem tanto

A propósito, este mesmo distrital se gabou: "Filippelli nada... Temer receberá o Rollemberg no Planalto". Mal sabe a autoridade que o governador foi chamado às pressas para tentar mudar a agenda presidencial do dia, que estava muito ruim diante da demissão do ministro do Turismo, Henrique Alves. Vendo o crescente número de comentários negativos na imprensa, um assessor palaciano logo disse: "traz logo o governador do DF para tratarmos da reunião de segunda na Residência de Águas Claras com outros governadores... Assim a gente gera fato novo e positivo". Deu certo! Mas não achem que são melhores amigos. Filippelli é quem comanda a articulação de recursos para o DF.

Medo

O ex-governador Agnelo Queiroz tem recebido distritais. Ao dar de cara com alguns deles, o ex-governador chega a assustar com a cor pálida. Todos querem saber como agir diante da CPI da Saúde na Câmara Legislativa, que pode pegar um bocado se for mais a fundo. Ao contrário do que esperavam, os distritais que estiveram por lá saíram até tranquilos, com promessa de que não há gravação que os comprometa. Ufa!

Medo 2

Ainda falando sobre medo que ronda a rotina de alguns distritais, nos próximos dias o Ministério Público deve concluir a investigação feita nos gastos da verba indenizatória. Há irregularidades de toda natureza. Desde uso da cota de combustível para fins particulares, passando por contratação de advogados que prestam serviços em ações pessoais e terceirização de mão de obra, usada na produção de programas de rádio e TV.

Rápido

O administrador de Águas Claras tem agido rápido quando o assunto é combater malfeitos na cidade. Minutos depois de uma denúncia de ocupação de área pública de forma irregular ser publicada numa rede social, o problema já havia sido resolvido. Quem dera todos os administradores fossem assim!

Acessibilidade 

A cidade de Águas Claras tem vivido momentos de mudança, principalmente no que se refere à troca de mão de vias próximas aos novos viadutos que foram construídos pelo governo. Mas os moradores continuam reclamando da falta de acessibilidade. Na avenida Jequitibá, há mais de 5 anos, milhares de moradores reivindicam a pintura de uma faixa de pedestres em frente ao comércio local. Na manhã desta sexta-feira (17), o deputado Bispo Renato Andrade esteve pessoalmente no local, acompanhado de engenheiros e do diretor do DETRAN, Jaime Amorim, para atender a este antigo pedido da população. Parece que agora vai! A promessa é que nos próximos meses a região receba a visita da Novacap e do DETRAN para o término das calçadas, área verde, quebra-molas e a tão sonhada faixa de pedestres. Finalmente!

Avanço 

A vice-presidente da Câmara Legislativa, deputada Liliane Roriz (PTB), propôs a assinatura de um Termo de Compromisso entre entidades e representantes do setor de TI, governo e Legislativo pela implantação da Cidade Digital, projeto criado pelo seu pai, o ex-governador Joaquim Roriz, em 2002. Segundo a parlamentar, o projeto é inteligente, mas falta sair do papel. “Precisamos tomar alguma atitude. Todos os lugares têm parques digitais, só a capital da República está atrasada. Não podemos ficar para trás”.

Grito

O deputado federal Laerte Bessa (PR/DF) lamentou, na sexta-feira (17), a onda de violência no Distrito Federal e criticou a omissão da Secretária de Segurança, Márcia de Alencar, a qual já cobrou a demissão por mais de uma vez em pronunciamentos. "O silêncio dessa secretária do Rollemberg chega a doer os ouvidos das pessoas honestas da nossa cidade. Na hora de defender bandido, ela é a primeira a se manifestar dizendo que são vítimas da sociedade. Mas, e agora diante de 2 crimes bárbaros, nenhuma palavra?", questionou o deputado, ex-delegado e diretor-geral da PCDF. 

Reforço de peso

A CPI da Pedofilia da Câmara Legislativa vai contar com a assessoria do delegado Wellerson Gontijo, ex-Subsecretário de Inteligência do DF, responsável por essa sensível área durante a Copa do Mundo, e que também foi Coordenador de Polícia Legislativa por 4 anos. Que se cuidem os pedófilos!

Incentivo

Foi aprovado na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Sustentável, Ciência, Tecnologia, Meio Ambiente e Turismo, o projeto de lei de autoria do deputado Julio Cesar (PRB), que dispõe sobre a criação da Lei de Incentivo ao Esporte do Distrito Federal, que visa estimular o financiamento de projetos esportivos que contemplem atividades esportivas, educacionais, de participação e rendimento. O conteúdo do PL foi amplamente discutido pela sociedade que levou em consideração a Lei de Incentivo Federal e as Estaduais em vigor. O Pl prevê abatimento na contribuição de ICMS e ISS.

REFLEXÃO DO DIA 
Destinei 1 milhão para hemodiálise no DF e não foi usada, enquanto isso o GDF gasta mais de 20 milhões por ano e pacientes sofrem na fila.
Ronaldo Fonseca (PROS) - deputado federal   

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados