Publicado 08/06/16 às 00:01

Coluna do Celson Bianchi





Por Celson Bianchi 

Que cara!

O ex-deputado distrital e empresário Olair Francisco ganhou alguns segundos de fama durante o jogo Flamengo e Palmeiras, que ocorreu no domingo no Mané Guarrincha. Uma das câmeras usadas na transmissão da partida pelo Premiere da GloboSat deu um "close" no torcedor durante 5 segundos, na hora do intervalo.

Havaiano

Deputado federal pelo Piauí, Heráclito Fortes (PSB) aproveitou bem a festa junina do Iate Clube de Brasília, no sábado. Só errou no traje. Em vez de caipira, parecia um surfista indo para uma balada havaiana.

Saúde
A Câmara Legislativa realizou audiência pública para discutir a situação da rede pública de saúde. Wasny de Roure (PT), autor da proposta, afirmou que a situação do HRG é caótica por falta de profissionais, medicamentos e da estrutura física deteriorada. Consequentemente, segundo o parlamentar, quem mais sofre é a população que depende do atendimento nesse hospital. "O Hospital Regional do Gama é uma das unidades que mais recebem críticas da população da rede pública do DF mas também é um dos hospitais que mais recebe pessoas de fora" comentou o distrital. Wasny observou que as denúncias presenciais no HRG aumentaram 233% em dois anos.

Saúde 2

O deputado alertou ainda para a carência de especialistas em áreas especificas, como pediatria, e o significativo aumento da demanda por atendimento, que saltou de 3 mil para 6 mil, no ano de 2015. "Muitas vezes, as orientações poderiam ser dadas no hospital, o que não ocorre. Falta transparência, as informações não são tratadas pelos servidores como um bem precioso, e isso dificulta a solução das demandas no tempo correto" argumentou o deputado.

No ar

O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) fortaleceu o relacionamento com a sociedade ao abrir perfis em mais duas redes sociais. O Ibram agora está no Instagram (@ibramdf) e conta com um canal no YouTube. O endereço é o www.youtube.com/ibramdfvideos.

Confirmado

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, confirmou sua participação no IX Congresso Consad. O evento é promovido pelo Conselho Nacional de Secretários do Estado da Administração (Consad) e acontecerá nos dias 8,9 e 10 de junho, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. O ministro irá compor a mesa-redonda sobre a gestão da identificação cidadã aplicada à modernização dos serviços, que acontecerá no dia 9. 

Confirmado 2

Para a presidente do Consad e secretária de Estado da Administração do Pará, Alice Viana, o evento é o “maior laboratório de experiências apresentadas sobre as diferentes práticas de gestão que estão sendo desenvolvidas nos dias atuais em todo o País, demonstrando que o Brasil, em que pese a crise econômica e política, tem boas experiências e o momento é mais do que propício ao compartilhamento”.

Expresso pequi

Uma ferrovia que ligue Brasília a Goiânia, atendendo, ainda, cidades do Entorno do Distrito Federal. Uma viagem – que hoje dura, em média, 4 horas em um ônibus – feita em apenas 95 minutos com preço acessível de R$ 60. Cerca de 40 milhões de passageiros transportados apenas no primeiro ano. Tudo isso com investimentos divididos entre governo e empresários. E sem perigos e imprevistos de uma viagem rodoviária.

 Tudo parece uma utopia. E no começo até foi um sonho do ex-governador do DF, Joaquim Roriz. Mas que foi “desengavetado” pela deputada Liliane Roriz (PTB) que, com o projeto do pai debaixo do braço, reuniu os governadores do DF e de Goiás, Ministério dos Transportes e ANTT e conseguiu sensibilizar a todos que o transporte ferroviário é a solução para o problema da mobilidade urbana e fará a região assumir o protagonismo no que diz respeito à modernidade do sistema de transporte terrestre.

Expresso pequi 2

Na semana passada, mais um passo importante foi dado para que a ferrovia Brasília-Goiânia saia do papel. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) divulgou os estudos de viabilidade da obra que deve atingir R$ 7 bilhões em investimentos. “O mais importante quando quis levar essa ideia adiante era garantir que essa obra poderia ser feita por meio de uma Parceria Público Privada (PPP), pois sabemos que o país inteiro está em crise e seria impossível que apenas o governo arcasse com esse custo. O estudo da ANTT comprova a viabilidade desse projeto”, explica a deputada Liliane Roriz. 


Expresso pequi 3

Após apontados pela ANTT as viabilidades técnica, econômica, socioambiental a jurídico-legal para a ferrovia, ficou decidido que o custo de R$ 7 bilhões serão repartidos entre os governos federal, do Distrito Federal, de Goiás e parceiros privados. O formato da parceria será definido nos próximos meses.

Reflexão do dia 

É hora de o Brasil olhar para o futuro e ter uma política externa que vise o interesse do país e não interesses ideológicos.
Aécio Neves (PSDB)- senador/MG

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados