Publicado 14/06/16 às 00:01

Coluna Celson Bianchi


Celson Bianchi 

Notícias da Papuda...

A irmã de um detento da mesma ala em que está preso o ex-senador Luiz Estevão saiu dia desses do Complexo Penitenciário da Papuda feliz da vida. Contou que o empresário havia pagado refrigerante para ela e uma turma que visitava parentes. "Ele continua ajudando o povo", disse. A senhora só reclamou que o político está branco demais. "Precisa tomar sol", relatou. Mas explicou o motivo. Segundo ouviu do irmão, Estevão não sai da biblioteca. "Só quer saber de ler", finalizou.

Convocado

O deputado Julio Cesar (PRB) por meio da Comissão de Economia, Orçamento e Finanças- CEOF, convidou o presidente da ADASA- Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal, Paulo Sérgio Salle, para comparecer a CLDF e expor um balanço relativo ao início da gestão até a presente data. O convite foi aceito e amanhã (14) o presidente do órgão comparece à Câmara, às 10h, para falar sobre o que tem sido feito e as expectativas do órgão.

Reconhecimento

O ex-secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar, recebe no próximo dia 20 o Título de Cidadão Honorário de Brasília. A proposta é de autoria do colega de partido Rafael Prudente (PMDB). 

Atentado

O presidente da Comisão de Direitos Humanos da Câmara Legislativa, deputado Ricardo Vale (PT), divulgou nota em que lamenta a tragédia em Orlando. "Ninguém tem o direito de tirar a vida de outra pessoa. O direito à vida deve ser colocado acima do ódio. Não podemos deixar que tanta intolerância e preconceito sejam espalhados por um pensamento fundamentalista, que não aceita e respeita as diferenças. Rezemos pelas vítimas inocentes do atentado em Orlando, mas lutemos para que no Brasil e no mundo as lideranças religiosas e políticas tenham mais responsabilidades com o que propagam. O rapaz que puxou o gatilho e matou 50 inocentes não é culpado dessa tragédia sozinho", escreveu o distrital.


Nas alturas

A programação esportiva de agosto está movimentada. Além de dez jogos de futebol das Olimpíadas, Brasília vai receber o Campeonato Pré-Mundial de Voo Livre, na modalidade asa delta, entre 14 e 20 do mês. Esse será o evento teste para o Mundial, que ocorrerá aqui na cidade em 2017. São esperados pelo menos 500 visitantes, entre pilotos e equipes de apoio, que se estabelecerão por um período de 12 dias.

Nas alturas 2

Conhecida mundialmente como o Hawaii do voo livre, Brasília conta com clima bastante seco e céu limpo nessa época, que propiciam voos fantásticos de até cinco horas de duração. As correntes térmicas são aproveitadas pelos pilotos para ganhar altura e realizar voos de até 170 km de distância, utilizando somente as forças da natureza.

Participação

Os números revelam que 85% da população que acessou o sistema de consulta pública virtual são favoráveis à proposta de projeto de lei elaborada pelo governo de Brasília sobre o modelo de escolha dos administradores regionais do Distrito Federal. A ferramenta visa tornar o processo democrático e ouvir as sugestões da população para que o texto final saia do Executivo com a cara de Brasília. Quem quiser contribuir na sua elaboração tem até esta terça-feira (14/06) para participar. O canal aberto para participação popular, desde 16 de maio, pode ser acessado tanto eletronicamente quanto presencialmente.

Participação 2 

Dados coletados na última quinta-feira (9) apontam que 85% das pessoas que opinaram sobre o texto são favoráveis à proposta, sendo que 50% são fortemente favoráveis. Até o momento, 855 pessoas se cadastraram no sistema e 302 apresentaram sugestões, críticas e elogios. “Esse é um anseio de toda a população que deseja ter o poder de eleger quem vai gerir sua cidade. Temos certeza de que o cidadão tem sugestões valiosas para enriquecer o texto. Por isso, fazemos questão da participação de todos e estamos abertos para aprimorar o texto que desenvolvemos no governo”, afirma o secretário da Casa Civil, Relações Institucionais e Sociais, Sérgio Sampaio.

Aqui!

Depois da péssima experiência com Organizações Sociais no Rio de Janeiro, que quebrou a saúde do carioca, e que o Governo de Brasília insiste em copiar. Outro mau exemplo do litoral pode ser identificado com clareza aqui no DF. Me refiro a indústria de multas. DETRAN, DER e até a Polícia Militar tem se esforçado pra fazer das multas uma arrecadação extra pro caixa do governo e das duas autarquias de trânsito. O cidadão fica indefeso diante da presunção de veracidade da multa. No Rio virou CPI e investigação do MP e Tribunal de Contas. Algumas como: falando ao celular, transferência de faixas e falta do cinto de segurança são marcas registradas . Afinal exportar mau exemplo tem sido uma característica de gestão contra o cidadão.


REFLEXÃO DO DIA

"A paz, neste momento extremo, exige de nós ainda mais resiliência e força. Manifeste-se porque o silêncio também mata! #HomofobiaNÃO".

Joe Valle - secretário do Trabalho, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados