Publicado 31/05/16 às 19:25

"Tem que cortar o bigulin," diz deputada

A sessão plenária desta terça-feira, 31, não teve nada demais. Não houve quorum para votar os créditos suplementares do governo. Alguns distritais estavam na CLDF nem foram ao plenário votar.
Os Policiais Militares do DF( PMDF) na esperança de terem verbas para pagar o plano de Saúde saíram de lá frustados.

Quem roubou a atenção foi a deputada distrital Telma Rufino( sem partido). Enquanto rolava um debate sobre estupro coletivo, a deputada sem dó e nem piedade foi direta. "Tem que cortar o bingulin de todos esses estupradores," disse a deputada. 

A fala da parlamentar arrancou muitas risadas e aplausos dos PMs presentes.

Essa Telma...

Fonte: Redação 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados