Publicado 09/03/16 às 21:11

TCDF diz que a coisa está feia na Saúde


Ao analisar a aquisição, o armazenamento e a distribuição de órteses, próteses e materiais especiais (OPMEs) pela Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, o Tribunal de Contas do DF encontrou vários indícios gravíssimos de ilegalidades. Na fiscalização realizada entre 2013 e 2015, os auditores do TCDF percorreram os cinco hospitais públicos que efetuam cirurgias e outros procedimentos médicos com a utilização de OPMEs, além da Farmácia Central. 

Para o TCDF a ilegalidade está comendo solta na Saúde pública há muito tempo. 


Confira os relatos do presidente do TCDF, Renato Rainha. 



Fonte: Redação 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados