Publicado 12/10/15 às 21:13

O grupo dos oito


A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) é o principal ponto das articulações e decisões políticas nos próximos dias na capital. Mas o fato é que o governador Rodrigo Rollemberg irá completar 10 meses de gestão e não conseguiu uma base aliada para chamar de sua. 

As dificuldades encontradas na CLDF são responsáveis de parte da atual situação no GDF. Os distritais rebeldes deixaram o governador em apuros por diversas vezes nesse período de gestão. 

Um exemplo é o aumento dos impostos. Rollemberg queria o reajuste do IPTU e taxa da limpeza. No entanto, aliados e oposição jogaram contra. O pacote só foi aprovado parcialmente. Podemos dizer que foi uma derrota e tanto para o Palácio do Buriti engolir. 

Somente os articuladores do Buriti não perceberam que um núcleo de oito parlamentares são influenciadores das pautas que chegam ao plenário. O time é formado pela presidente da casa, Celina Leão (PDT); Bispo Renato (PR); Joe Valle (PDT); Agaciel Maia (PTC); o líder do governo, Júlio César (PRB); o oposicionista, Chico Vigilante; Raimundo Ribeiro (PSDB); além de Wellington Luiz (PMDB). 

O foco das insatisfações, juntamente com as derrotas amargas passam por esses distritais que, vira e mexe, fazem reuniões e monopolizam as conversas ao pé de ouvidos. 

Até mesmo na reforma administrava, parte dos parlamentares mantêm as conversas. Podemos afirmar que esses distritais estão ajudando a emperrar as negociações. 

Em política é bom saber onde são os focos de "incêndio". 


Fonte: Redação 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados