Publicado 26/08/15 às 10:00

Um Passarinho Me Contou

...que as eleições para os conselhos tutelares no Distrito Federal são um verdadeiro circo dos horrores. Apuramos muitas denúncias. Uma mais cabeluda que a outra...

...que uma dos principais absurdos é a falsificação da declaração comprovando que  o candidato trabalhou com criança por três anos. Teatro dos horrores...

...que em Sobradinho houve uma denúncia de que estavam fazendo campanha antecipada usando cestas básicas doadas pelo Ministério Público do Distrito Federal...

...que algumas igrejas estão dando declarações para quem nunca trabalhou com criança. Nada contra os templos, mas isso é aterrorizante...

...que esses sujeitos, caso eleitos, serão responsáveis por proteger crianças e adolescentes. Contudo, já começam o processo cometendo falcatruas...

...que a Secretaria da Criança será implacável com quem tentar praticar estelionato nas eleições de conselhos tutelares. E nós, estamos de olhos bem abertos... 

...que muitos candidatos irão utilizar o processo eletivo como trampolim eleitoral para as eleições de 2018. Esse povo pensa quem engana quem?...

...que Celina Leão foi a primeira incentivadora para que Dr. Michel fosse para o Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF). Esse colunista presenciou a conversa há três meses atrás...

...que, na hora da conversa, Dr. Michel nem acreditou. Mas na mesma hora externou a sua vontade de ir para o TCDF. Na ocasião não caberia escrever sobre a conversa...

...que o administrador do Núcleo Bandeirante/Candangolândia, Roosevelt Vilela (PSB), comemorou a sua metafórica chance de ser deputado distrital...

...que Vilela chegou a fazer comemoração da "ida" de Celina Leão para o TCDF. No entanto, o fim da história é que Roosevelt continua primeiro-suplente e administrador. Água no chopp dele...

...que a Secretaria de Saúde do Distrito Federal respondeu ao blog em nota oficial e afirmou que o estacionamento do Hospital do Paranoá está liberado para o público...

...que a SES-DF esclareceu que não há restrições de acesso às vagas destinadas ao público, uma vez que estão em espaços abertos e devidamente demarcados. Por ora, tudo explicado...

...que nós iremos pessoalmente no Hospital do Paranoá conferir se o estacionamento está aberto ao público. Não estamos duvidando da assessoria, mas não custa nada conferir... 

Eita Passarinho que sabe de coisas, gente! 

Por Odir Ribeiro 

Fonte: Redação 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados