Publicado 13/07/15 às 08:00

A voz de Águas Claras e o governo Rollemberg


Já são seis meses da "era" Rollemberg à frente do Governo do Distrito Federal (GDF). E nesse tempo muita coisa mudou. Na última sexta-feira (10) visitei a cidade de Águas Claras e, é claro, fui até um restaurante da cidade para comer uma boa parmergiana. Então aproveitei para bater um papo com o proprietário do local, Ruben Ferreira da Costa, 52 anos. E constatei que ele não se contenta em ser somente empresário. 

Ruben é presidente da Associação de Moradores e Amigos de Águas Claras (Amaac). A entidade tem mais 11 mil pessoas em um grupo criado no Facebook. Lá os moradores fazem suas reivindicações, que muitas vezes ecoam até os ouvidos das autoridades. Sua liderança é clara e notória. O seu telefone toca a todo momento. Do outro lado da linha sempre algum morador pedindo o seu auxílio para resolver problemas da cidade. 


O entusiasta 

Ruben foi um dos principais entusiastas da campanha do governador Rodrigo Rollemberg. "O que me animou à época da campanha foi que Rollemberg dava solução a todos os problemas da cidade," revela. 

O empresário evita em falar de decepção. Entretanto, no seu semblante nota-se uma certa frustração com os atuais rumos do governo. "O governo devia relembrar a campanha e vir conversar com a comunidade," indagou. 

Insisti em minhas perguntas para tentar arrancar uma crítica ao atual governo. Mas o máximo que Rubens fez foi aconselhar o seu amigo Rollemberg. "O que está faltando para o governo é o casamento entre o político e o técnico", disparou. 

"Na verdade, de todo o coração, eu queria estar aqui elogiando o Rollemberg. Mas não tem como" frisou o empresário. Apesar de toda a decepção, Ruben ainda acredita em uma grande virada. "Apesar de tudo eu acho que o governo tem tudo para dar certo", previu. 

O fato é que a liderança de Rubens e o seu amplo conhecimento dos problemas e soluções de Águas Claras, poderiam ser de grande utilidade para o governo e para os próprios moradores da cidade. 

Resumo da Opera 

O sentimento do empresário Ruben Costa é como o de muitos que acreditaram no então candidato Rodrigo Rollemberg. Decepção, magoa, são os sentimentos dos que ficaram pelo caminho de uma forma ou outra. O bom é que o nosso blog está atrás dessas histórias.  

Fonte: Redação

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados