Publicado 01/07/15 às 08:00

A trancos e barrancos Câmara Legislativa vai indo

Galerias lotadas estão sendo a tônica do semestre Legislativo


Como um foguete, lá se foi o primeiro semestre legislativo. Quase a metade da Câmara Legislativa do Distrito Federal é composta por parlamentares novatos, 11 no total. Podem falar o que for da CLDF, mas a casa de leis período o seu papel nesse primeiro período. Diversas audiências públicas de interesse da sociedade foram realizadas. Para exemplificar, a polêmica Lei do Silêncio. O tema ainda vai suscitar muitos debates e tudo será decidido por lá. 

As supostas privatizações da Caesb, CEB e BRB ficaram pelo caminho. Aumentos de impostos propostos pelo Executivo depois da pressão popular foram rejeitados pelos parlamentares. 

A crise entre o Legislativo e o Executivo abriu o caminho para um poder independente. A CLDF mostrou a sua importância nos primeiros seis meses de novos mandatos. Isso ficou bem claro. 

Barganhas e balcão de negócios é o que se costuma falar e presenciar na CLDF. A fama não foi conquistada à toa. Situações nada republicanas costumam acontecer por lá. Ninguém tem dúvidas disso. 

Mas a instituição, como um todo, costuma funcionar. Você pode até não concordar com os eleitos que representam o poder legislativo. Porém, que a Câmara foi uma verdadeira ressonância da insatisfação popular, isso foi. 

Entre grampeadores, barganhas, cargos comissionados, além de especulações diversas, há uma instituição democrática. Só basta a sociedade enxergar isso.

O que nos falta é separar as coisas. Como o joio do trigo. 

Simples assim. 

Fonte: Redação                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                        

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados