Publicado 06/04/15 às 20:11

Secretaria emite nota e diz que não haverá casamento gay


A polêmica continua. A Secretaria de Justiça por meio de nota oficial respondeu que não realizará casamentos homoafetivos - é que a informação - não passou de um engano. A notícia do casamento LGBT coletivo motivou o deputado distrital Bispo Renato(PR) disparar contra o governo(leia aqui). Algum telefone sem fio entrou nessa jogada.  

Leia a nota na integra 

Em resposta a matéria “Governo vai realizar primeiro mutirão de casamento gay no Distrito Federal”, publicada nesta segunda-feira (6), pelo Correio Braziliense, a Secretaria de Justiça e Cidadania do DF – Sejus, esclarece que o Programa de Casamento Comunitário - Alma Gêmea - é um projeto voltado para casais de baixa renda, que querem legalizar suas uniões. As vagas para o primeiro mutirão de casamento deste primeiro semestre de 2015 já estão preenchidas e não há nenhum pedido de participação de pessoas do mesmo sexo, conforme divulgou o jornal.  Ressaltamos ainda, que o projeto não discrimina uniões homoafetivas e que o único critério para a realização dos casamentos é a comprovação de baixa renda.


Fonte: Redação 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados