Publicado 06/03/15 às 17:35

Promotoria vai investigar improbidade da CEB e de Agnelo Queiroz



Informações Canal Aberto Brasil

A Promotoria de Justiça do Distrito Federal e Territórios instaurou Inquérito Civil Público para apurar possível ato de improbidade administrativa e de lesão ao patrimônio público praticado pela CEB Distribuição S.A, pelos seus diretores e pelo ex-governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz.

Foram indiciados os seguintes gestores da CEB: Eli Soares Jucá (Diretora Econômico- Financeira; Rubem Fonseca Filho (Diretor-Geral); Caubi Pereira de Santana (Diretor de Gestão);  Manoel Cliementino Barros Neto (Diretor de Operação); Antônio Soares da Costa (Diretor de Comercialização) e Mauro Martinelli Pereira (Diretor de Engenharia). Com exceção de Eli Soares Jucá, que atualmente exerce o cargo na companhia, os demais dirigentes desempenharam suas atividades na empresa até o dia 8 de janeiro de 2015.

O Inquérito está registrado no Sistema de Controle e Acompanhamento dos Feitos e Requerimentos – SISPROWEB do Ministério Público do Distrito Federal, sob o nº 08190.019218/15-46.

A CEB é uma sociedade anônima de capital fechado, responsável pela distribuição e construção de estações e redes de energia elétrica no Distrito Federal.

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados