Publicado 02/03/15 às 20:27

Na invasão dos RGs as máquinas, nas invasões do CPFs a cegueira

Foto: G1/DF
Mais uma invasão vai ao chão e mais uma vez no Sol Nascente. Ninguém é a favor de invasões ou algo do tipo. Todos também concordam que lugar de grileiro especulador é na cadeia. Não é justo esses delinquentes vendedores de sonhos fiquem impunes. 

Nesta segunda-feira, 2, o cordão mais uma vez rompeu do lado mais fraco. E no bairro Nova Jerusalém, mais barracos foram abaixo sem choro e nem vela. Mas esse fato todos já sabem, não preciso me aprofundar. 

O que todos também sabem é quem em 2014, o mesmo local estava cheio de políticos pedindo votos. Prometendo mundos e fundos. Por que os mesmos políticos não disseram aos moradores que as suas casas seriam derrubadas? Simples. Todos sedentos por votos não abriram os olhos dos moradores. Mas no fundo eles sabiam que tudo iria ao chão, como foi. 

E outra: é fácil derrubar casa de pobre, mas as construções na orla do largo estão lá intactas, comércios invadem áreas públicas no Plano Piloto e nada acontece.  Mas basta o pobre invadir para um batalhão de policiais militares e máquinas serem implacáveis e tudo vir ao chão.  

Não tenho dúvidas em afirmar que essa Agefis é implacável com RGs e benevolente com os CPFs. Fui entendido? 

Fonte: Redação 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados