Publicado 24/03/15 às 09:01

Augusto Carvalho não concorda


Foi encaminhado para sanção da Presidente Dilma Rousseff, o Orçamento Geral da União de 2015, aprovado pelo Congresso Nacional. O Fundo Especial de Assistência Financeira aos Partidos Políticos, permitido pela lei 11.459/2007, sofreu um ajuste de R$ 289,56 milhões para R$ 867,56 milhões. 

O deputado federal, Augusto Carvalho (SDD), que é contra o aumento do Fundo Partidário, diz que espera que a Presidenta tenha o posicionamento de vetar esse aumento abusivo. “É um absurdo essa decisão sobre os recursos do orçamento da União. O País está passando por um momento de grave crise econômica. Eu me somo aos Senadores e Deputados que solicitam o veto da Presidente da República a esse aumento do fundo partidário”.

Fonte: Redação 

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados