Publicado 24/02/15 às 20:21

Na Câmara Legislativa são todos contra Hélio Doyle

A terça-feira,24, foi agitada na Câmara Legislativa os deputados distritais estavam inspirados. O assunto que tomou conta do plenário foi a extinção ou não da administração da Fercal. 

A greve dos professores também foi o foco dos debates acalorados.  Mas a chiadeira geral tinha uma alvo certo:o Chefe da Casa Civil Hélio Doyle. As reclamações sobre o secretário mais influente do governador Rodrigo Rollemberg eram feitas por praticamente todos os deputados distritais. 


Novato e franco-atirador 
Um dos que falaram de Hélio Doyle foi o distrital Reginaldo Veras(PDT). "Hélio Doyle age com arrogância e ironia diante da situação dos professores isso inviabiliza o diálogo," alfinetou o parlamentar.

Sobrou para o líder

A verdade é que a articulação política do governador Rodrigo Rollemberg praticamente não existe. Sobrou até para o líder do governo Raimundo Ribeiro(PSDB). Dessa vez o disparo veio de Robério Negreiros(PMDB). " Engraçado nós que temos procurar o líder do governo é ele que deveria nos procurar," ironizou Robério.

Articulação desengrenada

Do jeito que as coisas estão indo podemos afirmar que o Palácio do Buriti terá problemas para aprovar a redução das administrações regionais. Os deputados distritais estão mais que insatisfeitos não são com Hélio Doyle, mas também com outros secretários da equipe de Rollemberg.

Para exemplificar

Na sessão de hoje, os 15 parlamentares afirmaram que votarão contra a extinção da Fercal, por exemplo. Se não houver negociação, o Palácio do Buriti pode esperar para amargar muitas derrotas na Câmara Legislativa.

Fonte: Redação

ZapZap
 
Copyright © 2015 - Todos os direitos reservados